Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mensagem para a Aula da Saudade !“Valeu Sidney!”

Mensagem para a Aula da Saudade !
“Valeu Sidney!”


Valeu a cada um que, durante o curso demonstrou sensibilidade, sensatez, espírito de equipe, àqueles que se tornaram inesquecíveis em nossa memória! Dentro de uma turma tão heterogênea que nos possibilitou o enriquecimento cultural, as relações inter-pessoais que cruzaram diferenças e similaridades, que nos fez entender o outro quando precisávamos de compreensão!
Foram tantos mestres, metodologias diferenciadas que possibilitaram a relação com o novo, com o desconhecido. Quando chegamos não poderíamos imaginar a intensidade de sentimentos e emoções que nos aguardavam, algumas vezes desapontamentos, dúvidas, incertezas, lutas que nos ensinaram a conquistar o nosso espaço, de forma individual e coletiva. Principalmente na coletividade.
Porém crescemos! As experiências foram tantas, mas foram essenciais. Mesmo quando não sabíamos ao certo que rumo teríamos como curso, mas não houve desistência, confirmando a certeza que queríamos concluir com a mesma intensidade o que havíamos começado!
Como toda vitória é digna de um boa luta, este momento nos traz recordações de discussões acirradas que aconteceram em sala de aula, as vezes por bons motivos, noutras era somente uma boa discussão. Como diz uma frase que fiz certa vez num dado momento especifico: “Eu quero é falar muito, embora diga pouco!” - “ Quero expor as minha muitas idéias, mesmo não tendo idéia do que exponho!”. Mas foi só uma constatação, nada além disso!
Talvez a melhor característica dessa turma seja a definição de cada docente, que cada um sabe quem é e o que quer! As rivalidades não passaram de diferenças ideológicas (imagino), o que é mais do que natural numa academia, poucas vezes alguém esqueceu disso e procurou discutir noutro âmbito (nem me lembro).  Tivemos nossos “teóricos’ que com veemência defendiam suas posições acadêmicas com segurança, aprendemos muito com essas particularidades, é bem verdade que haviam alguns que se (apro)fundavam demais no assunto.
O melhor é que estamos chegando juntos a este instante ímpar em nossas vidas. Agora sentiremos uma saudade acentuada, porque o próximo período que estaremos juntos pode ser incerto, pode ser em breve, pode demorar o suficiente para esquecermos de algumas faces, no entanto,  relevante é saber que aqueles que deixaram pegadas em nosso coração sempre saberão o caminho.
Este é momento de erguer um monumento, de fazer saber a cada um, mesmo com poucas palavras que você é inesquecível. Fale! Expresse seu sentimento! Um abraço vazio de sentido não traduz nenhum sentimento, mas se ele levar o pulsar de um coração amigo, certamente aquecerá a lembrança por muito tempo de quem o recebe.
O Valeu Sidney! Representa as idéias novas, os comentários acertados, nos remete mais uma vez aos debates, as aulas participativas, é uma marca registrada de nossa turma, que nossos pensadores não foram tímidos em expor suas opiniões, em lançar suas dúvidas, em questionar os mestres, até mesmo os teóricos, por isso acertadamente denominada: “Turma Ultrapassando as Barreiras do Educar”. Continuemos, muitas barreiras haveremos de transpor, concluímos uma etapa, para educar sempre será preciso aprender!
À todos e a todas que conheci, que  convivi, que senti... Valeu! Valeu Sidney!!!
Luciano Costa
10/05/2007

Luciano Costa
Enviado por Luciano Costa em 10/05/2007
Código do texto: T481851
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luciano Costa
Mossoró - Rio Grande do Norte - Brasil, 36 anos
627 textos (71153 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/14 16:04)
Luciano Costa



Rádio Poética