Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade Eterna

 
  Meus queridos pais, que já partiram deste mundo:

  Meu coração está doendo de saudades, sinto muita falta do carinho de vocês.

 Da surra merecida, do afago do bom comportamento e dos Natais em que o Papai Noel trazia presentes. Demorou alguns anos para eu descobrir que VOCÊ, pai, era o Papai Noel.

 Morro de saudades dos momentos em que você, pai, me ajudava nos estudos, das perguntas de matemática que eram feitas de surpresa, das estórias contadas ao pé da cama, para eu dormir.  Adorava aquela do ¨tigre e do macaco¨. O tigre sempre era passado para trás, e nós nos divertíamos muito, lembra?

 Mãe, lembro-me, com alegria, de suas lições de culinária, dos pães que a senhora fazia, das cucas, dos cremes de laranja.   Sua comida tinha um gosto especial.

 Quando descobri que era filha adotiva, nem me importei porque vocês, meus pais queridos, me supriram de tanto amor que nunca senti necessidade de conhecer meus pais verdadeiros.

   Mãe e Pai: obrigada por tudo, por terem me amado, por terem sido pais perfeitos. Vocês foram uma benção na minha vida.

   Onde vocês estiverem, lhes digo: vocês cumpriram a sua missão com louvor aqui neste mundo. Desejo, um dia, poder abraçá-los novamente.

        Estou com muitas saudades.  UMA  SAUDADE ETERNA.
Ester Vargas
Enviado por Ester Vargas em 02/01/2006
Reeditado em 04/01/2006
Código do texto: T93409
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ester Vargas
São Leopoldo - Rio Grande do Sul - Brasil, 53 anos
2 textos (558 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:38)
Ester Vargas