Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“MEU REINO NÃO É DESTE MUNDO”.

À inquirição de Pilatos se era o rei dos judeus, Jesus disse: “Meu reino não é deste mundo”, mostrando o inequívoco contraste entre as filosofias dos reinos humanos, geridos por interesses de fortes, classes, grupos, mentiras, vinganças e homicídios, e Seu reino de justiça, onde os únicos méritos são os Seus, pelos quais qualquer indivíduo merecerá toda riqueza, recebendo de fato seu galardão de direito. Ali o pobre entrará com o rico, o analfabeto debaterá com o pós-graduado, o poderoso sentará com o descamisado, o milionário há hospedar-se na casa do morador de rua, o patrão servir o servo, o corredor andar com o portador de deficiência física, sem que jamais se questione os méritos e obras do legislativo, executivo, ou judiciário, centrados na justiça, harmonia e amor de Deus. Ali jamais há de se declarar que uns nasceram para sofrer e outros para viver rodeados de privilégios. Ninguém perderá seu ofício para máquinas, ou para a ganância do patrão e ninguém há de morrer por falta de socorro, pois a saúde estará ao alcance de todos, na árvore da vida, no centro do Jardim, por cujo fruto todo que comer jamais adoecerá.
Esse é o Reino de Jesus, que ao ser afrontado não mandou matar seus adversários, mas morreu por eles. Por tal reino devemos ir às ruas, levantar bandeiras e fazer campanha, aliciando militantes, fortalecendo as bases, para apressar a vinda do governante e a queda do usurpador que nos oprime.

Wilson Amaral
Wilson do Amaral
Enviado por Wilson do Amaral em 07/11/2006
Código do texto: T284593
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wilson do Amaral
São Leopoldo - Rio Grande do Sul - Brasil, 50 anos
119 textos (25917 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 07:56)
Wilson do Amaral