Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR

"AINDA QUE EU FALASSE AS LÍNGUAS DOS HOMENS E DOS ANJOS, SE NÃO TIVER AMOR, SEREI COMO O BRONZE QUE SOA OU COMO O CÍMBALO QUE RETINE".....(1 Co.13:1)
----------------------------------------------------------

O amor, no sentido cristão e divino, é uma obra moral ou um fruto espiritual do Espírito Santo, no nível da alma. Portanto, é um produto divino, parte integrante de nossa transformação segundo a imagem de CRISTO, através da influência do Espírito de DEUS. É dessa maneira que esse ágape se torna verdadeiramente divino, por ser divinamente produzido e por imitar o divino.
E é nesse processo de transformação operado pelo Espírito, que se forma em nós aquele mesmo amor que domina a natureza do Filho de DEUS; em outras palavras, é assim que passamos a participar de sua natureza moral, e, por esse intermédio, de seu espírito de amor. O amor é a comprovação da espiritualidade. Desejas para os outros aquilo que queres para ti mesmo? Serves ao próximo com um real desejo de ajudar? O teu altruísmo aproxima-se de igualar-se ao teu egoísmo? Se puderes responder afirmativamente a essas perguntas, então já terás um bom grau de espiritualidade. Mas, se tuas respostas tiverem de ser negativas, não serás uma pessoa espiritual; e, se não fores uma pessoa espiritual, nem ao menos serás uma pessoa regenerada.
"AMADOS, AMEMO-NOS UNS AOS OUTROS, PORQUE O AMOR PROCEDE DE DEUS; E TODO AQUELE QUE AMA É NASCIDO DE DEUS E CONHECE A DEUS. AQUELE QUE NÃO AMA NÃO CONHECE A DEUS, POIS DEUS É AMOR"(1 Jo. 4: 7-8).
O amor é uma virtude  tão grande que é melhor que qualquer dos dons espirituais. Se simplesmene estás preparando para servir aos outros já serás maior do que aquele que fala em línguas ou que profetiza. Porém, se estiveres servindo ao próximo mediante o uso dos dons espirituais, como base no amor cristão, então mais profunda ainda será a tua espiritualidade.
Amar e servir ao próximo é, ao mesmo tempo, amar e servir a DEUS.
"PORQUE TIVE FOME, E ME DESTES DE COMER; TIVE SEDE, E ME DESTE DE BEBER; ERA FORASTEIRO, E ME HOSPEDASTES". (Mat. 25:35).
Esse amor cristão ultrapassa a todo o amor humano possível, quando este não é ajudado pelo Espírito de DEUS. Mas até mesmo o amor humano, quando é genuíno, é remanescente de uma expressão de DEUS, deixada na personalidade, a despeito da queda. O amor cristão, como fruto do Espírito Santo, por conseguinte, é tanto uma restauração como uma nova criação de ordem moral. Na medida que o Espírito Santo nos transforma, elevamo-nos para novas alturas e expressões de compaixão e cuidado como nos ensina o capítulo 25 do evangelho de Mateus.
Na medida em que vamos sendo transformados em CRISTO, a alma crente também vai ascendendo em seu vôo místico, passando a amar a DEUS mais diretamente. Ora, esse amor mais direto a DEUS é impossível para a maioria dos homens, porquanto se trata de um elevado desenvolvimento espiritual. O próprio amor, na qualidade de fruto do Espírito, em qualquer forma que o mesmo seja achado, é produdo do desenvolvimento espiritual. Quanto mais se permite que o Espírito de DEUS nos controle e nos transforme segundo a natureza moral de CRISTO, mas plena e livremente fluirá o amor que mana do íntimo. Quando essa condição começa a prevalecer na personalidade do crente, surgem sinais bem definidos. O crente se torna mais altruísta, perdendo o seu egoísmo, aquela qualidade negativa que caracteriza quase todos os homens.
O amor cristão gera generosidade e a bondade, e abafa a cobiça, os interesses próprios, a crueldade, a indiferença para com o sofrimento alheio. O amor desse tipo é a qualidade de valor supremo em um homem; e essa é uma maneira notavelmente excelente de caminhar para a perfeição, aliás, como o apóstolo Paulo afirma:
"ENTRETANTO, PROCURAI, COM ZELO, OS MELHORES DONS"(1 Co.12:31)
O amor é o caminho mais curto de recondução a DEUS. Assim sucede porque o amor é a evidência mais convicente e verdadeira da nossa trfansformação moral em CRISTO JESUS, por ser o seu elemento principal. Essa é a transformação moral, a qual, por sua vez, produz a transformação metafísica, mediante a qual passamos a compartilhaar da própria essência da natureza de CRISTO. Assim somos feitos filhos conduzidos à glória, duplicações do Filho de DEUS, participantes da natureza divina.
"As pessoas de pouca piedade são sempre barulhentas; aquele que não tem o amor de Deus e do homem, a encher o seu coração, é como um vagão vazio, que desce violentamente por uma colina; faz muito barulho porque nada tem dentro". (Josiash Gregory)
Assim, o amor conduz os crentes à totalidade da glorificação em CRISTO, bem como àquela perfeição e e santidade por cuja causa os homens podem ver a DEUS. Nenhum homem chegará jamais à presença de DEUS se não for perfeito.
"MAS O FRUTO DO ESPÍRITO É: AMOR, ALEGRIA, PAZ, LONGANIMIDADE, BENEGNIDADE, BONDADE, FIDELIDADE, MANSIDÃO, DOMÍNIO PRÓPRIO" (Gál.5:22).




"Amar os outros é a expressão visível de Deus"

(The Greatest Psychologista Who Ever Lived: Jesus and the isdom of the Soul)
(Mark W. Baker)







 
 
   
 
 
   
 
 
 
 
Wil
Enviado por Wil em 28/11/2006
Código do texto: T304127
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2613 textos (84506 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:13)
Wil