Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PERDÃO

"PEDRO,APROXIMANDO-SE DE JESUS,PERGUNTOU-LHE:SENHOR,ATÉ QUANTAS VEZES MEU IRMÃO PECARÁ CONTRA MIM,QUE EU LHE PERDOE? ATÉ SETE VEZES?RESPONDEU-LHE JESUS:NÃO TE DIGO QUE ATÉ SETE VEZES,MAS ATÉ SENTENTA VEZES SETE".(Mateus, 18:21-22)
------------------------------------------------------------

Sobre a prática do perdão, na literatura mundial, não encontramos, exceção na Bíblia, um ensinamento tão sublime, convincente, orientador, de supremo amor e de inexorável verdade.
A parábola do credor incompassivo descrita no Livro Santo, (Mateus, 18:23-27) nos proporciona uma visão recheada de autenticidade sobre o perdão.

Apenas com a finalidade de reaviver as cores do fato, trata-se do servo que foi pertoado em razão de não poder pagar ao seu senhor uma dívida no valor de dez mil talentos.(Mateus, 18:27).
Contudo, o srvo ao sair, encontrou um dos seus conservos que lhe devia cem denários, o qual, não podendo quitar o que devia caiu aos pés do servo e implorando disse: "SÉ PACIENTE COMIGO, QUE TE PGAREI". (Mateus, 18:29). De nada adiantaram seus apelos, o conservo foi lançado na prisão até que saldasse sua dívida. (Mateus, 18:30).

Notem que quadro terrível e considere, comparativamente, se a parábola do credor incompassivo não se aplica em nossas vidas.

Em muitos casos, na totalidade para ser preciso, tudo aquilo que nós fazemos de errado, sempre há uma razão, um motivo, daí encontrarmos uma série de palavras e atitudes, quase sempre de forma apelativa, que defendem nossa causa.

Porém, quando o erro é de nosso irmão ou irmã, por qualquer razão ainda que contendo os mínimos motivos, sobre eles arremessamos pedras que pesam toneladas e toneladas, e não pos perdoamos e acabamos por lançá-los na prisão.

Segundo JESUS, o perdão emana simplesmente da bondadade do Pai e da eficácia de seu Reino que vem transformar radicalmntre a realidade humana.

Perdoar é lançar uma iniciativa cheia de riscos, que apela à liberdade do outro; inicitiva proveniente da confiança de JESUS em que a força de atração e o poder persuasivo do Reino vão obter do homem uma mudnança objetiva, profunda, quse irreversível, fruto do Espírito.

Mas, vejam o que acontece quando experimentamos o perdão de DEUS:

- O perdão de DEUS nos leva a viver sem angústias em meio às crises, a paz em em meio à confusão, o amor em meio ao ódio e violência.

- Muitos quando em tribulações (sofrimentos e perdas) atribuem tais fatos aos seus pecados, daí a sentir-se não protegido por DEUS. DEUS é o nosso esconderijo e por DEUS somos preservados.

- DEUS não só nos perdoa, mas também nos dá um novo caminho, e enquanto caminhamos não tira os seus olhos do nosso viver.

A misericórdia do Senhor é maravilhosa, é algo que nos motiva a viver fazendo desaparecer as enfermidades, as angústias, crises, conflitos, confrontos, distâncias, e principalmente nos incita perdoar, perdoar, perdoar! E a alegria invade a nossa experiência.

"ALEGRAIS-VOS NO SENHOR, REGOZIJAI-VOS, VÓS OS JUSTOS E CANTAI ALEGREMENTE TODOS VÓS QUE SOIS RETOS DE CORAÇÃO" (Salmos, 32:11).

Contudo, devemos ter em conta que o elucidário que nos orienta, a Bíblia, coloca em nossas vidas, e de uma forma bem acessível uma luz para todas as coisas que se apresentam obscura, e que além de vir ao encontro de nossas necessidades, nos alerta que se não perdoarmos também não seremos perdoados.

"ASSIM TAMBÉM MEU PAI CELESTE VOS FARÁ SE NO ÍNTIMO NÃO PERDOADES CADA UM A SEU IRMÃO" (Mateus, 18:35).

Com a finalidade de angariarmos o perdão do Senhor, urge que exercitemos a remissão em todos os segundos de nossas vidas praticando o que CRISTO nos ensinou. "...NÃO TE DIGO QUE ATÉ SETE VEZES, MAS ATÉ SETENTA VEZES SETE".

FONTES:
Bibblia Sagrada
Livro: Poesias de Vitória
Wilson de Oliveira Carvalho

 
Wil
Enviado por Wil em 10/10/2005
Reeditado em 18/10/2005
Código do texto: T58431
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2620 textos (84596 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:12)
Wil