Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

# RADICADOS , EDIFICADOS , e porque não CONFIRMADOS !

“nele radicados e edificados e confirmados na fé, tal como fostes instruídos, crescendo em ações de graças.” (Cl 2.7).

Estarmos juntos, não significa comunhão, mas comunhão: esta sim; significa estarmos sempre juntos.

Um ser humano verdadeiro sem amor é bruto, mas um amor sem a verdade é hipocrisia.

 Demonstrar mais estima e procura por revelações que sejam ocultas do que pela a grande revelação bíblica, é um enorme insulto ao nosso Deus todo-poderoso, que nos criou em amor para que o adorássemos e o servíssemos com todo o fervor! A suprema autoridade do Espírito sem dúvida alguma é a Palavra de Deus (Dt.29.29).

 O fim principal do trabalho do Espírito Santo é com certeza a Glória de Deus.
Cristo, cheio e liderado pelo próprio Espírito, assim especificou (cf. Jo 4.34; 5.19; 6.38; 17.4). A verdadeira obra do Espírito Santo aproxima as pessoas da Santa Palavra de Deus; uma espiritualidade centrada na Palavra de Deus.
A verdadeira obra do Espírito sempre produz no verdadeiro cristão amor, reconciliação e comunhão que acaba desembocando na sociedade. A verdadeira espiritualidade coloca sempre Deus Pai no centro. O Espírito Santo glorifica a Cristo Jesus. E a exuberante soberania de Deus é proclamada e vivida. (I Cr 29.11; Dn 4.35; Sl 115.3; I Tm 6.15; Ef 1.11 e Rm 11.36).

 Ao nos convertermos e aceitarmos verdadeiramente Cristo Jesus, recebemos o Espírito Santo (Ef 1.13), nossos pecados são todos perdoados (Rm 4.6:8); somos recebidos como filhos de Deus; somos filhos, logo somos também herdeiros de Deus e co-herdeiros de Jesus Cristo, passamos da morte espiritual para a vida espiritual (I Jo 3.14), somos novas criaturas.

 A salvação nos leva a um relacionamento pessoal com nosso Divino Pai e com Cristo Jesus como Senhor e Salvador, ficamos e estamos livres da ira vindoura (I Ts 1.10; 4.16:17), claro não precisa nem dizer que somos merecedores e recebemos outras bênçãos. Podemos nos tornar semelhante a Cristo? – sim! – Tornar-se semelhante a Cristo é um lento e longo processo de crescimento. A maturidade não é instantânea nem automática; é um desenvolvimento que durará o resto de nossa vida.
A respeito desse processo, o nosso Apóstolo Paulo disse: “Isso irá continuar até que sejamos maduros como Jesus Cristo é, e seremos iguais a ele (Ef 4.13). Você é uma pedra que vai sendo lapidada. Sua transformação espiritual, no que se refere a desenvolver o caráter de Jesus Cristo, durará o resto de sua vida, e mesmo assim não será completada aqui na terra. Ela só estará terminada quando você for para o céu ou quando Jesus voltar, é o acabamento final o polimento!

 Podemos verificar na Bíblia que quando finalmente formos capazes de ver a Jesus Cristo em perfeição, nos tornaremos perfeitos como ele: Não podemos sequer imaginar como seremos quando Cristo Jesus voltar. “Porém sabemos que, quando ele aparecer, seremos semelhantes a ele, pois o veremos como realmente é” (I Jo 3.2).

 Grande parte das confusões que vemos atualmente na vida cristã em geral, tem origem no desconhecimento da simples verdade de que Deus está muito mais interessado em edificar o nosso caráter do que em qualquer outra coisa.
Ficamos preocupados quando Deus parece silencioso a respeito de determinados assuntos, como e quando pensamos: - “Qual carreira eu devo escolher? – Como devo educar o meu filho? – Como devo tratar as pessoas?”
A verdade é que existem muitas coisas diferentes, que poderiam estar de acordo com a vontade de Deus para a sua vida. O que mais importa para Deus é que, seja qual for sua escolha, pois Deus nos dá o livre arbítrio; você a desempenhe com a postura de Cristo Jesus. Leia, (I Co 10.31 e Cl 3.17:23).

 Tenha certeza que Deus está muito mais interessado em quem você é do que no que você faz. Preste atenção:
Nós somos seres humanos e não fazeres humanos.
Deus se preocupa muito mais com o nosso caráter do que com a nossa carreira ou o nosso dia-a-dia, porque você levará o caráter para a eternidade, mas não a carreira. Lembre-se a Bíblia nos adverte: Não se tornem tão bem ajustados à sua cultura, à qual vocês se moldam mesmo sem pensar. Em vez disso, fixem sua atenção em Deus. Vocês serão transformados de dentro para fora. Ao contrário da cultura que está ao seu redor, sempre conduzindo vocês para baixo, para o nível de imaturidade e insensatez, Deus produz o melhor em vocês e desenvolve em vocês uma maturidade bem formada (Rm 12.2). ´Saber, que é preciso que você tome uma firme decisão contra a sua formação cultural, para se concentrar em se tornar mais semelhante a Jesus Cristo. Se não tomares esta decisão, outras coisas, outras forças, como pais, trabalho, amigos, e esta cultura estabelecida, tentarão moldá-lo à própria imagem. Tenha sempre em mente, memorize: “Conforme o Espírito Santo do Senhor trabalha em nós, tornamo-nos mais e mais como Ele e refletimos ainda mais a sua imensa glória (II Co 3.18). Faça-se uma pergunta:
No dia de hoje, em que devo mudar e transformar a minha vida precisa pedir rogar pela operação do Espírito Santo para me tornar mais e mais semelhante a Cristo Jesus?

RADICADOS – EDIFICADOS – CONFIRMADOS

 O Apóstolo Paulo nos deixa bem claro que, à semelhança da árvore, os cristãos foram plantados em Jesus, de uma vez para sempre. Sendo no caso um verbo passivo, dá para entender, que foi Deus quem plantou a igreja, e não uma decisão meramente humana.

 As pedras, os tijolos (vivos), estão sendo colocados no Templo devidamente lavradas por Deus, no Templo vivo da ressurreição (Jo. 2.20). Não foi e nem é um simples ato, mas é um processo que se mantém contínuo. É muito maravilhoso é pensarmos que as influências e experiências que Deus manda para nós, coletiva o individualmente, têm o único propósito de nos Edificar. (Ef. 2.22)

 O verbo novamente é nele Confirmados. Fala de um processo pelo qual se garante uma verdade, tornando-a imutável. Andar em Cristo, a firmeza das raízes crescendo no evangelho, no estudo da Bíblia e evangelizando eis o processo de Confirmação a convicção do crente na fé.

 Podemos conhecer três descrições da vida cristã nos termos “radicados, edificados e confirmados” ocorrem onde há instrução verdadeira e um cuidado na doutrina dos apóstolos (At. 2.42).
Temos que aprender e saber que junto com a instrução deve haver crescente louvor e ações de graças, que indicam a importância da adoração verdadeira para a santificação da vida em Cristo Jesus.

Deixo-vos um tema para reflexão:
- Fui criado para me tornar semelhante a Jesus Cristo.

 Que Deus através do Espírito Santo nos dê à benção de sermos a semelhança de Cristo Jesus.

... c.vida
carlos vida
Enviado por carlos vida em 30/08/2007
Código do texto: T630254

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
carlos vida
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
13 textos (733 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 12:01)
carlos vida