Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO DEUS NOS PROTEGE DAS RÃS

 Quando minha filha ainda era uma criança, certa vez observei que no banheiro em que estava tomando banho havia uma rã. Sabedora de seu medo, por esse tipo de animal, mandei que saísse imediatamente do banho, sem nada dizer o porquê.

Para que me obedecesse rapidamente utilizei ‘aquele’ tom de voz, que só os pais sabem fazer quando estão brigando com os seus filhos.
Na hora, ela ficou muito irritada, não entendia a causa da minha ordem, e resmungava: o que foi que aconteceu? Não fiz nada! Mas logo depois, quando entendeu que a estava lhe poupando de um susto muito maior, compreendeu e me agradeceu.
Poderiamos citar inúmeros exemplos em que protegemos os nossos filhos utilizando-nos de palavras mais enérgicas ou privando-os de alguma coisa.

Quando estes filhos são ainda menores - com certeza - não compreendem estas nossas atitudes, porém ao crescerem e se tornarem adultos percebem o nosso amor, e muitos chegam até a agradecer por termos tomados determinadas decisões, quando foi necessária.

Assim, também, Deus age conosco, que com sua sabedoria infinita, e conhecedor da nossa personalidade, sempre tem uma pedagogia diferente, ou seja, uma forma individual de nós educar. O que muitas vezes parece ser uma ‘bronca’ da vida, é apenas Deus agindo para nos poupar de algo ainda pior.

O autor da carta aos Hebreus diz: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor, nem te desanimes quando por ele és repreendido; pois o Senhor corrige ao que ama, e açoita a todo o que recebe por filho. É para disciplina que sofreis; Deus vos trata como a filhos; pois qual é o filho a quem o pai não corrija? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos se têm tornado participantes, sois então bastardos, e não filhos. (Hb 12:5-8).

Portanto, não fiquemos tristes se estamos sob a disciplina, pois “com efeito, no momento não parece ser motivo de alegria, mas de tristeza; ao depois, entretanto, produz fruto pacífico aos que têm sido por ela exercitados, fruto de justiça. Por isso, levantai as mãos cansadas, e os joelhos vacilantes, e fazei caminhos retos para os pés, para que não se extravie o que é manco; antes, seja curado” (Hb 12:11-12).
Se, no momento, as coisas estão dando erradas para você: Confie em Deus! Levante a cabeça e deposite sua esperança em Cristo Jesus, pois ele nos trás o renovo.

Se estás caído é tempo de levantar, se vives no erro é tempo de corrigir, se choras é hora de acreditar que voltará a sorrir, pois em Cristo somos sempre mais do que vencedores.

Contudo, se tudo fazes, ou seja, trabalha com ardor na obra do Senhor, é perseverante, suportando provas em nome de Cristo, mas estás se sentindo desestimulado - para não dizer enfraquecido - em continuar com as lutas e batalhas do dia-a-dia, lembre-se da promessa de Jesus: “Ao vencedor, dar-lhe-ei que se alimente da árvore da vida que se encontra no paraíso de Deus” (Ap.2:7b).
Imagine qual seria o sentimento de Maria – mãe de Jesus - se não mantivesse os olhos fixos no futuro, acreditando na anunciação do anjo, deixando-se envolver em sentimentos de tristezas por ter seu primeiro filho num estábulo?

Imagine, também, se José do Egito - que foi vendido pelos irmãos, ou o Apóstolo Paulo - que enfrentou vários naufrágios, ao sentirem na pele a dor e o sofrimento de serem maltratados, abandonados e injuriados, olhassem apenas para o presente?

Manter a esperança no futuro é acreditar na fidelidade de Deus, pois “ todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Rm 8:28).

Portanto, mesmo se estivermos passando por momentos de tribulações, precisamos manter os olhos fixos no porvir, sabedores que o Criador da Vida utiliza-se de meios - por nós - desconhecidos a fim de não nos desviarmos do caminho estreito da salvação.

Oremos:
Senhor, eu não tenho a visão futura,
E posso até não enxergar o teu agir em minha vida.
Mas sei que estás ao meu lado,
Pois Tu me adotastes como filho.
Então, me ensina a depositar toda confiança em Ti.
Em nome de Jesus.
Amém!

Joseane JPires
www.frutodapromessa.blogspot.com
Joseane JPires
Enviado por Joseane JPires em 31/08/2007
Código do texto: T633054

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Joseane JPires
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil, 51 anos
8 textos (713 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 09:32)
Joseane JPires