Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO A FRAQUEZA É UM EXEMPLO

 É muito comum, hoje em dia, a busca da fama; seja ela através da televisão, música, imprensa ou esportes. São pessoas que fazem de tudo para impressionar, mostrar o que tem de melhor, ou até mesmo: fingir que tem algo melhor, para alcançar seus sonhos e objetivos.

Isto porque, intimamente, sabemos – e valorizamos - que o mundo está à procura de ídolos, para que possam ditar regras e costumes. Alguém que impressione, deixando todos boquiabertos, com seus atos grandiosos.

Esquecemos que a vida é feita - não de momentos extraordinários, mas - de atos simples e contínuos. Objetivos são alcançados pelo simples transcorrer e trabalhar de cada dia.

E ser simples significa: ser sincero, sem segundas intenções, levando-nos a viver uma vida transparente. É estar de coração puro perante os homens e, principalmente, diante de Deus. Porque Deus se compraz com a sinceridade.

Sinceridade de sentimentos expõe quem verdadeiramente somos sem disfarces ou fingimentos. Somos o que somos: ora fortes, ora fracos; às vezes confiantes outras vezes medrosos; transmitindo alegrias, ou demonstrando tristezas; sorridentes ou chorosos.

Há um homem na Bíblia, chamado Davi, que foi escolhido por Deus para governar o seu povo, porém errou, chegando a ter a tramar a morte do companheiro da mulher amada - pois viver uma vida ao lado de Deus, não significa que estejamos isentos de cometer erros.

Mas quando caiu em si, reconhecendo o seu delito, não se escondeu através de máscaras, antes confessou ao Criador da Vida seu pecado, dizendo: Compadece-te de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias. Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado. Pois eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim (Salmos 51:1-3).

Enquanto este rei não olhou para si mesmo, reconhecendo seu erro, viveu atormentado com a sua consciência, veja o que ele diz no Salmo 32 (vv.3-4):Enquanto guardei silêncio, consumiram-se os meus ossos pelos meus constantes gemidos todos os dias. Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio.

Porém, confessando, com real sinceridade de arrependimento, foi alcançado pela Graça Divina: Confessei-te o meu pecado, e a minha iniqüidade não encobri. Disse eu: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoaste a culpa do meu pecado (Salmos 32:5).
Quando temos a coragem de reconhecer nossas fraquezas Deus é misericordioso conosco. O Apóstolo João diz: Se confessarmos os nossos pecados, Deus é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça (1º João 1:9).

O Rei Davi foi um homem extraordinário, amado por Deus e exemplo seguido por muitos - isto até hoje. Não pelo fato de ter sido um grande guerreiro ou um providente rei, mas porque tinha a coragem de expor para Deus suas fraquezas.

Minha Oração

Senhor ensina-me a buscar na simplicidade da vida,
E na transparência dos meus sentimentos
a comunhão Contigo,
Para que possa ser um exemplo para muitos,
Não por atos grandiosos, ou feitos marcantes
Mas por depositar a minha confiança no Teu amor,
Confessando minhas fraquezas a Ti.
Em nome de Jesus.
Amém!

Joseane JPires
www.frutodapromessa.blogspot.com
Joseane JPires
Enviado por Joseane JPires em 12/09/2007
Código do texto: T649756

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Joseane JPires
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil, 51 anos
8 textos (713 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 12:15)
Joseane JPires