Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESPERANDO UM ESPIRITO DIZER QUALQUER COISA SOBRE SEU PARADEIRO AS DUAS E QUINZE DA MANHÃ


   QUARTA/   00:28

     ''FIZ O MELHOR QUE PUDE E MESMO ASSIM NÃO CUREI.
       A BALA ENTROU PELA LATERAL, VAROU O PULMÃO E PAROU NO CORAÇÃO.''

                              SOSINHO ESPERO AS HORAS PASSAR
                              CASTIGO MEUS OLHOS PARA NÃO DOEMIR
                              ESCREVO FRASES QUE NÃO POSSO APAGAR
    SOBRE A CHUVA QUE CAI E NÃO ESPANTA O CALOR DE SENTIR

   RESOLVO COMPOR UMA NOVA CANÇÃO
   ANDO EM CIRCULOS PELA SALA E NOTO SER EM VÃO
   OLHO AS ESTRELAS ENQUANTO ESTOU ACORDADO
   PENSO NO PRESENTE PARA O FUTURO POIS O PASSADO
   AS CERRAS QUE CERCAM MINHA PERIFERIA
   OUVEM UM GRINGO PARA INSPIRAR JÁ QUE NÃO VEM
 
AS PALAVRAS CORRETAS PARA O MOMENTO QUE FAREI
PENSO COMO FALAR PARA A MULHER QUE AMEI
DESTAS CEM FOLHAS DE RASCUNHO QUE ATIRANDO NA LIXEIRA ERREI
BRIGAMOS OUTRA VEZ
 E ESTUDANDO OS HOMENS QUE NÃO TRABALHAM POR AQUI CHOREI.

                             
DIEGO HUXLEY
Enviado por DIEGO HUXLEY em 05/10/2007
Código do texto: T681710

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DIEGO HUXLEY
Sobradinho - Distrito Federal - Brasil, 30 anos
221 textos (11169 leituras)
1 áudios (42 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 12:01)
DIEGO HUXLEY