Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A CURA DOS DEZ LEPROSOS - Lc. 17, 11-19

A CURA DOS DEZ LEPROSOS – Lucas 17,11-19

A lepra, doença que , no decorrer do tempo deformava as pessoas  que, naquela época em que Jesus andava pela terra, causava a morte de muita gente. Doença silenciosa; ainda existe neste nosso mundo. Atinge as pessoas sem que estas percebam. Ela causa uma insensibilidade na pele no início e, por não sentir no contacto, nem calor e nem frio, mesmo muito quente ou muito gelado. Devido a isso, quando a pessoa se machuca, não percebe e, começa aí, um processo infeccioso que vai apodrecendo o tecido, causando muitas deformações , deixando um mau aspecto  para quem o observa. Por isso, naquele tempo, os leprosos (como os chamavam) , eram , terrivelmente, discriminados e colocados à margem do meio em que viviam, existindo para tanto, locais bem distantes, onde eles eram execrados, aguardando a morte e, lá mesmo se consumindo. Quando tinham necessidade de ir à cidade, eram obrigados a passar por locais pré - determinados, a fim de não contaminarem as outras pessoas e, levavam consigo um sino que iam tocando e gritando :- “está passando um leproso”.

Hoje, esse mal, embora ainda exista, graças a Deus e a ciência está controlado e chama-se “hanseníase” ou mal de Hansen.  Esperamos que Deus ilumine os nossos cientistas a fim de que consigam tratamentos capazes de erradicar, acabar de vez com esse mal na sociedade mundial. A passagem do Evangelho, nos fala que Jesus caminhava para Jerusalém  e, dez leprosos que passavam à distância, começaram a gritar : “Senhor, Senhor, cura-nos da lepra” que nos está consumindo.” (imaginemos o que eles deviam ter sofrido para chegarem até ali, se tudo lhes era proibido, negado, até o direito de viver?) E, Jesus, volta-se para eles e diz :- “Ide apresentar-vos ao sacerdote”. E eis que ao crerem na palavra de Jesus, começaram a caminhar e, ficaram totalmente curados, com a pele do corpo totalmente limpa da doença e a saúde perfeita. Quando Jesus lhes disse para irem ao sacerdote, é porque só ele poderia liberá-los para que fossem reintegrados à vida em sociedade, estando totalmente curados. Jesus ia continuar a caminhada, quando um daqueles que foram curados, que era um samaritano - (povo que não aceitava Jesus), volta correndo, gritando e glorificando o Senhor  pelo milagre conseguido e, joga-se aos pés de Jesus, com o rosto em terra . Jesus olha para ele e, voltando-se para os que o seguiam e diz :-“Não foram dez os curados? Onde estão os outros nove? Só este estrangeiro voltou para agradecer?  Levanta-se, vai pelo teu caminho, a tua fé te salvou.”

Quantas vezes nós, cada um com as suas doenças e problemas, imitamos  esses homens, cheios de defeitos e erros; cheios de orgulho e vaidades; vivendo brigados dentro das nossas próprias famílias, com raiva e até ódio às vezes, criando na nossa vida “uma lepra” que destrói a alma e, quando nos encontramos com a verdade e queremos retomar a vida normal, a vida que nos realiza como filhos e filhas do Criador; rogamos e imploramos que Ele nos salve e. . . Ele salva! Voltamos para agradecer como fez aquele leproso??? Ou fazemos como os nove que foram embora sem agradecer??? Acostumemo-nos a fazer, sempre que estivermos à beira de falarmos ou fazermos coisas que nos afastam dos caminhos do Senhor, uma revisão de vida e, percebermos o quanto somos felizes, mesmo com as dificuldades que todos temos. É’ , importante observarmos em cada reflexão, que não é Deus que nos dá as doenças, os problemas e tantas outras coisas que nos afligem, durante a nossa caminhada na terra. Ele, só quer o nosso bem ; Ele nos criou  para sermos  infinitamente felizes. Nós é que criamos ou outros nos criam tudo aquilo que nos afligem.

Deus é Amor e, o amor é a Essência do Bem e, portanto, jamais  comungará com a maldade, com o erro, com a desgraça, com o castigo ou qualquer ato que contradiga as suas qualidades.
DEUS É BOM !!! DEUS É FIEL !!! - Bene-  Ctba.  (BGJ) – 22/10/07

Bene
Enviado por Bene em 22/10/2007
Código do texto: T704608

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bene
Curitiba - Paraná - Brasil, 83 anos
481 textos (247964 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/11/14 13:59)



Rádio Poética