Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Deus e reflexão

          Aqui vivia uma linda jovem de 21 anos. Cabelos cacheados, pele cor de jumbo. Era da religião evangélica e freqüentava sempre a igreja. Estudou no colégio militar e não era como muitas jovens da sua idade são nos dias de hoje, dadas demais. Se a vi com algum namorado, nem lembro. Todas as vezes que a via estava vestindo seu longo vestido, com o cabelo preso e a Bíblia embaixo do braço, sempre indo ou voltando da igreja. Lembro bem um desses dias, estava chovendo, à noite, eu estava chegando no bairro vestindo uma camisa preta do Judas Priest, ela com um longo vestido que passava dos joelhos, de posse da Bíblia, acompanhando sua avó no retorno da igreja. Mas hoje uma vizinha contou algo em que demorei a assimilar. “Ela morreu”, disse a vizinha. Não acreditei naquelas palavras. Foi como um chute na garganta, sem conseguir pronunciar uma só palavra sequer. Uma doença a acometeu e a levou embora deste mundo.
          “Foi a vontade de Deus”, é o que sempre dizem. Será? Por que Deus levaria alguém que sempre freqüenta a igreja, lê a Bíblia, obedece a todos os mandamentos, enfim, não faz mal a ninguém, e com apenas 21 anos? Por que Deus não poupou a família desta jovem, que lhe deu a devida educação para que ela crescesse assim, deste sofrimento? Será que Deus é maluco? Maluco a tal ponto de levar uma moça tão religiosa e tão nova? Claro que não. Deus não é louco pra fazer uma jovem nascer e morrer com 21 anos de vida, ainda mais sendo tão religiosa. Onde está a igreja à qual ela era tão fiel? Por que não a salvou? A resposta é simples: é porque Deus não tem absolutamente nada haver com isso.
          As pessoas têm o péssimo hábito de atribuir suas graças a Deus, e suas desgraças ao Diabo. Não percebem que se alguém é bem sucedido na vida profissional, é porque este alguém usou sua massa encefálica para conseguir seus objetivos. E não percebe que se algo deu errado, é porque errou em algum ponto. É claro que é mais fácil atribuir algo errado às forças do mal do que a um erro próprio. E mais fácil ainda rezar do que rever aonde foi que errou. É mais fácil dizer que Deus quis levar um ente querido do que admitir que a doença existia. A doença é do homem, não é de Deus, nem do Diabo.
          Rezas, orações, preces, etc., são usadas pelas pessoas para ganho material, o que é um grave erro. Se quer ganho material, trabalhe para isso. Se quer ganho espiritual, pratique boas ações, e reze, faça orações, preces, do que chamar a sua religião, para que Deus sempre lhe proteja espiritualmente.
Marcio Elias Martins
Enviado por Marcio Elias Martins em 08/11/2007
Reeditado em 21/11/2007
Código do texto: T727973

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcio Elias Martins
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 36 anos
41 textos (1539 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 14:45)
Marcio Elias Martins