Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Homem na Caverna

                    Um Homem na Caverna
      Mensagem inspirada em (1ª de Reis 19:1-18)
             
Elias tinha acabado de tirar da nação de Israel a influencia da idolatria, ao matar 450 profetas de Baal e mais 400 profetas do poste ídolo, tal como está relatado na Palavra de Deus em (1ª de Reis 18:19-40). Também pela oração da fé trouxe chuva sobre a terra, depois de uma seca de três anos e meio, como podemos ver em (1ª de Reis 18:41-42).
Este homem era um homem vigoroso, pois correu 27 quilómetros desde Jezreel até Carmelo à frente do carro do rei Acabe. Dizem os comentaristas, que Elias recebeu essa força sobrenatural e não era sua própria
           
Ao chegar a Jezreel soube que pendia sobre ele uma ameaça de morte. Esta ameaça desencadeou uma atitude de medo sobre o profeta. E nós, quando somos confrontados com  problemas, não ficamos também como Elias ficou?
Parece impossível que um homem com e experiência de Elias deixar-se intimidar por uma pequena coisa em relação aos desafios que já tinha vencido!
                        1.1
Vejamos no verso 3) a sua atitude:
Temendo, pois, Elias, levantou-se e, para salvar sua vida, foi e chegou a Berseba, que pertence a Judá; e ali deixou seu moço: Abandono de comunhão (temendo pois, Elias, levantou-se e, para salvar sua vida virou as costas ao perigo.
               
                   1.2
Abandonou o seu moço. A depressão,
Afasta, a pessoa, dos irmãos e amigos: o afastamento por sua vez, pode produzir depressão. Ou não será?
               
                          1.3
Verso 4) Ele mesmo, porém, se foi ao deserto, caminho de um dia, e veio e se assentou debaixo de um zimbro; e pediu para si a morte, e disse: Basta; toma agora, ó Senhor, a minha alma, pois não sou melhor do que meus pais
Motivação negativa. Ele mesmo foi para o deserto, por sua autoria
                        1.4
Vemos neste versículo, que ele mesmo mostra desinteresse pela vida, pedindo a morte para si. Quando vida deixa de ter sentido, sempre nos preocupamos de maneira excessiva com a nossa sobrevivência e quase sempre acabamos perdendo o interesse pela vida. Isto pode levar-nos a uma caverna espiritual.
                   2
 O que é que a caverna simboliza?
                  2.1
Fuga religiosa. A caverna era em Horebe, o monte de Deus. Existem pessoas que vêem à igreja para se esconder do marido da família ou de si mesmos.
                   2.2
Mania da perseguição. São pessoas que só vêem as sombras inimigas e as ameaças não lhe saem da memória.
                     2.3
Autopiedade. Elias sentia-se um coitado perseguido, e por isso se refugiou na caverna.
Que lições tiramos do texto?
                      3.1
No verso 11) Disse-lhe Deus: Sai, e põe-te neste monte perante o Senhor. Eis que passava o Senhor, e um grande e forte vento fendia os montes e despedaçava as penhas diante dele, porém o Senhor não estava no vento, depois do vento um terramoto, mas o Senhor não estava no terramoto; Sai Elias não há mistérios, basta sair
                      3.2
Deus não planeou para nós depressões ou desânimo
Vejamos no verso 9) como Deus interpelou Elias Que entrou numa caverna, onde passou a noite; e eis que lhe veio a palavra do Senhor, e lhe disse: Que fazes aqui, Elias?
                     
             
                     3.3
Quando estamos deprimidos, não ouvimos a Deus
E no verso 12) diz: Depois do terramoto um fogo, mas o Senhor não estava no fogo; e depois do fogo um cicio tranquilo e suave ou um murmúrio brando, doce
                     3.4
A nossa vocação é para sermos elementos de unção nas vidas das pessoas senão vejamos nos versículos 15 a 17
15) Disse-lhe o Senhor: Vai, volta ao teu caminho para o deserto de Damasco e, em chegando lá, unge a Hazael rei sobre a Síria
16) A Jeú, filho de Ninsi, ungirás rei sobre Israel, e também Eliseu, filho de Safate de Abel-Meolá, ungirás profeta em teu lugar.
17) Quem escapar à espada de Hazael, Jeú o matará; quem escapar à espada de Jeú, Eliseu o matará
                         3.5
Deus está acima dos nossos inimigos, pois foi ele mesmo quem ungiu reis que destruíram as ameaças feitas a Elias, tal como vimos nos versículos 15 a 17
                         3.6
Podemo-nos consolar, quando perseguidos, com a nossa irmandade espalhada pelo mundo
Verso 18) Também conservei em Israel sete mil: todos os joelhos que não se dobraram a Baal, e toda boca que o não beijou
E ainda (1ª de Pedro 5:9) Que diz: Resisti-lhe firmes na fé, certos de que sofrimentos iguais aos vossos, estão-se cumprindo na vossa irmandade espalhada pelo mundo.
       
                 Conclusão
Existem depressões com causa orgânica que devem ser tratadas por profissionais de saúde habilitados.
Existem depressões espirituais que devem também ser tratadas, tomando-se cautela para que as ameaças não tirem sua confiança no cuidado de Deus por você, não se deixando levar pela Autopiedade, sabendo, ainda, que para sair da depressão o primeiro passo só depende de si. Venha para fora! Não permita que problemas possam tirar a sua vocação de ungir e abençoar vidas. Queira aceitar este conselho de Jesus: (Mateus 11:28-29) Vinde a mim todos que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei,
Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, porque sou manso
e humilde de coração; e encontrareis alívio, e paz no coração!
     J. Rodrigues
     
Galeano
Enviado por Galeano em 26/11/2007
Código do texto: T753930
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Galeano
Portugal, 81 anos
521 textos (103749 leituras)
14 áudios (2001 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 20:39)
Galeano