Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ser Bom.(Pedro Paulo e Ricardo)


Ser bom.


O que é ser bom? Amar aqueles que nos amam.
Seguir as regras de uma sociedade voltada para o materialismo
 e consumo exagerado onde não poupamos crianças
no mercado de trabalho e fazemos da educação uma guerra
 onde temos que passar por cima uns dos outros
pelo simples fato que dizem para nós:
que as riquezas do mundo não são suficientes para todos
 viverem em harmonia. Destruir um planeta inteiro
 com a sujeira que sobra do nosso supérfluo de cada dia,
 destruímos para poder nos alimentar, para mover nossas máquinas
e tudo que chamamos de progresso. Que progresso é esse?
  Que destrói nossa querida mãe terra e deixa para os filhos
dessa querida mãe o caos como herança. A bondade começa pelo respeito
 as criações divinas, quando o homem não matar mais nenhum ser vivo
 e usar os recursos da natureza como um empréstimo de Deus.
 E ter a consciência que terá que prestar conta de todos os seus atos,
 cada palavra e cada ação será banhada pela humildade
e caridade que devemos ter por cada átomo e partícula
 dessa arquitetura divina que chamamos de
Deus.
Certa vez disse Jesus a um mancebo: Por que me chamas de bom?
Bom só Deus o é.
Com certeza não somos maus e nem fomos criados para esse fim,
 mas se o próprio
mestre recusou o título de “ser bom”
que possamos nos esforçar dia após dia para sermos
seguidores do exemplo que ele deixou,
pois nada ele escreveu e todo o seu ensinamento
foi por meio de exemplos e acões
 no campo do amor e da caridade ao próximo.
Então, que possamos olhar e ver os nossos irmãos,
do mesmo modo que Jesus nos via,
Pai perdoe:
 Eles não sabem o que fazem...

Ricardo di Paula.


HUMILHADO               IGNORADO
DESTRATADO              DESPREZADO
ODIADO
E OUTROS  “ADOS”  MAIS
SIM, SOU DO REINO DOS ANIMAIS
MAS NÃO SE COMPORTEM COMO TAIS
AFINAL SOMOS RACIONAIS
POR FAVOR, AJAM COMO TAIS
NÃO EXISTEM FUNDAMENTOS
QUE EXPLIQUEM O DESPREZO
PELOS MEUS SENTIMENTOS
ME DÊEM PELO MENOS  A ESPERANÇA
DE ME SENTIR PURO COMO UMA CRIANÇA.
SOU HOMEM E SINTO AMOR, AMIZADE
E, ÀS VEZES, RAIVA E RANCOR,
MAS EM MIM PERMANECEM ETERNOS
JESUS CRISTO
                          E SEU AMOR.


Pedro Paulo.




















HUMILHADO               IGNORADO
DESTRATADO              DESPREZADO
ODIADO
E OUTROS  “ADOS”  MAIS
SIM, SOU DO REINO DOS ANIMAIS
MAS NÃO SE COMPORTEM COMO TAIS
AFINAL SOMOS RACIONAIS
POR FAVOR, AJAM COMO TAIS
NÃO EXISTEM FUNDAMENTOS
QUE EXPLIQUEM O DESPREZO
PELOS MEUS SENTIMENTOS
ME DÊEM PELO MENOS  A ESPERANÇA
DE ME SENTIR PURO COMO UMA CRIANÇA.
SOU HOMEM E SINTO AMOR, AMIZADE
E, ÀS VEZES, RAIVA E RANCOR,
MAS EM MIM PERMANECEM ETERNOS
JESUS CRISTO
                          E SEU AMOR.
Pedro Paulo.
Ricardo di Paula
Enviado por Ricardo di Paula em 28/11/2007
Código do texto: T755943

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ricardo di Paula.(ricardo.mync@ig.com.br)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo di Paula
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 49 anos
327 textos (71748 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 14:50)
Ricardo di Paula