Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                               O tempo de Deus não é o nosso

Por mais que dizemos que temos Fé; que acreditamos em Deus, há momentos que nos sentimos fracos, e chegamos a questionar algumas vezes a sua existência. É comum isto ocorrer quando sofremos algumas decepções; quando passamos por alguma doença grave entres outras situações de sofrimentos.

Quando nos encontramos diante um problema sério em nossa família buscamos nas orações, numa maior participação de vida espiritual, no entanto a resposta não vem. No entanto, quando desanimamos e já começamos a acreditar que Deus não está ouvindo nossas orações as coisas começam a encontrar soluções. Parece que Deus nos ouviu. Resplandecemos de alegria e a dor do cansaço da espera passa rapidamente.

O tempo de Deus não é o nosso, já diz Palavra, mas, nem sempre nos damos conta disto. Por outro lado, também é preciso que o sofrimento nos leve a um crescimento seja humano, espiritual, pois, se isto não ocorrer não valeu a pena passar por ele, pensando assim, devemos ter a sabedoria de enquanto estiver nele, aprender com ele.

Quantas e quantas vezes saímos fortalecidos das dificuldades, as quais atravessamos e tornamos outras pessoas? Quantas vezes, um fato circunstancial é capaz de tornamos bem melhor que éramos, como, por exemplo, amadurecermos, sermos mais caridosos, amáveis, menos orgulhoso e egoísta, menos preconceituosos. Quantas vezes, por determinados sofrimentos passamos a valorizar muito mais nossa dimensão espiritual!

A pedagogia de Deus é nos ensinarmos a crescer, a partir de nós mesmos. Fazer com que percebamos nossos limites e que compreendamos que somos capazes de superar os obstáculos criados, não raramente, pelas nossas atitudes, comportamentos e falta de amor próprio.

Não conheço nenhuma pessoa que recorreu a Deus e que não tenha sido atendida. No entanto, é preciso entender que Ele age de maneira diferente para com cada filho. Pois, conhece cada um em particular, sabendo o tempo e o momento certo de agir.

O que não podemos é perder-se diante do sofrimento, e querer buscar respostas onde elas não existam. A qualquer custo querer resolver um problema circunstancial que certamente no futuro poderá trazer consequências graves, seja numa vida humana, seja na vida eterna.

Penso que todos nós um dia já tivemos de uma forma ou outra a manifestação da Ação de Deus, seja por uma graça atendida pessoalmente, ou a alguém que roguemos. Isto já seria o suficiente para acreditarmos que Deus faz. Que Deus está atento a nossas necessidades, não se mantendo indiferente aos nossos pedidos. Mas, como disse anteriormente, tudo deve acontecer no tempo de Deus e não no nosso.

Algo interessante e que podemos observar é que diante do sofrimento, mais aproximamos de Deus. Mais nos recorremos às orações; mais intensificamos nossa vida espiritual. Olhando por este lado, o sofrimento como foi dito nos proporciona um maior tempo na presença de Deus assim, ainda que não sendo atendido ao nosso tempo, encontramos a força necessária para transpor as dificuldades temporais.
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 25/11/2005
Reeditado em 29/01/2012
Código do texto: T76142
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ataíde Lemos
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
5265 textos (1218818 leituras)
5 e-livros (11751 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:35)
Ataíde Lemos

Site do Escritor