Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Incomparável Amor de Deus

Antes de iniciar essa mensagem eu já sabia que o tema da mesma é sublime, grandioso e complexo: O Incomparável Amor de Deus... . Então, sigamos!

O que entendemos por Amor? Diremos: É um sentimento bom, divino, etc. Tudo bem! Porém, o que veio a minha mente não foi esse amor natural, movido pelas paixões humanas, mundanas, e até transformado em desvario; amor passional e portanto, nocivo; fruto de sentimentos irracionais, por que não dizer bestiais, incontidos. Em verdade, comecei a refletir sobre o oposto a tudo isso, ou seja, sobre o Amor sobrenatural, incondicional, inigualável e eterno: O Amor de Deus!

Então, considerei, com certa tristeza, o quanto somos incapazes de compreender, dimensionar, sentir e liberar esse Amor. Humanamente impossível? Vejamos...

Atualmente, o mundo moderno gira em torno de Tecnologia, Informatização, Globalização, etc. Entretanto, como os dois lados de uma mesma moeda, temos os Efeitos Colaterais ou Retardados, resultantes dessa dinâmica e que podemos chamar de ANTAGONISMO, porque tão certo como o ar que respiramos, podemos sentir na pele que à medida em que o homem evolui, empobrece! E empobrece em sua própria Essência, que é divina, perdendo ou pervertendo princípios básicos, fé e arte de amar.

Queridos e queridas, a Humanidade parece estar esfriando, regredindo em matéria de amor, perdendo a noção do Certo e Errado... .

E tal fenômeno é simples de ser constatado. Basta tão somente nos perguntarmos: Consigo amar o próximo? Sei como? Exercito esse Amor? Ou será que me fecho em uma concha devido à correria do dia a dia, à crueldade que anda solta pelas esquinas, às dificuldades desse mundo moderno e perverso; maligno mesmo? E pensar que esse mundo mau é formado por homens feitos à imagem e semelhança de Deus... . Misericórdia!

Pergunto-me onde foram parar valores morais, vergonha, pudores, aquelas coisinhas simples que aprendemos em criança e que ainda hoje (felizmente!) consideramos normais, naturais; regras que faziam parte da Educação Infantil, como, por exemplo, "menino, tira já a mão daí!"... "fulano, não mexe nisso, que não é seu!"..."anjo, devolve o brinquedo do seu amiguinho"..."ai, ai, ai, deixa a Terezinha brincar também, né?"... "Betinho, não! Bater não... olha, isso é feio, Papai do Céu briga!" ..."Flávia, puxar cabelo, não! Carinho, beijinho...", etc.

Admito que muitos de nós não tiveram isso e que outros tiveram até demais! Mas, de uma forma ou de outra, APRENDEMOS que existem LIMITES, regras básicas de convivência, e que somos levados a obedecê-las!

Então, quando ligo a TV e assisto fatos absurdos, pergunto-me: O que está acontecendo ao nosso redor? Para onde caminha a Humanidade, o povo (já nem digo o povo de Deus)? Quem está conduzindo o que e quem? Pois percebo centenas e centenas de pessoas iludidas, perdidas, carentes de respostas, curas, milagres; outras tantas sentindo-se injustiçadas e agredidas, mas TODAS na condição de ovelhas que precisam de um pastor... . E, verdadeiramente, nós precisamos de um Pastor!

Por que? Porque necessitamos de apoio emocional, de algo sobrenatural, surpreendente; de alguma coisa que traga alívio as nossas lutas materiais e espirituais... precisamos de Fé!

O mundo em que vivemos, percebo, repito, com grande tristeza e temor no coração, está repleto de "lobos" prontos a ludibriar, cercar, subjugar e por fim, devorar suas presas... . E como tem gente sendo devorada, buscando abrigo em lugares errados! Quantas ovelhas manipuladas, encurraladas e lesadas! Quanta falta de Amor! E sabem o por quê? A resposta é simples e exata como 2 e 2 são 4; não tem resposta alternativa, plano B! PORQUE SOMENTE O AMOR DE DEUS NOS FAZ MELHORES DO QUE REALMENTE SOMOS E PODEMOS CHEGAR A SER!

Amados, se abrirmos os nossos olhos espirituais, veremos muitas pessoas "pagando" ( e bem caro!) por um encontro com Deus! Outras estão confundindo Fé Alheia com Fundo Monetário Internacional... . E assim segue a Procissão do Desamor, porque, em verdade, somos incapazes de Amar como Deus nos amou primeiro e continua nos amando! Com Amor Incondicional!

Somos desprovidos e carentes desse Amor e, portanto, dependemos dele. Aleluia! É reconfortante saber que milhares e milhares de pessoas tem consciência da existência desse Amor e que SOMENTE POR MEIO DESSE AMOR, QUE ESTÁ EM CRISTO JESUS, CONSEGUIMOS AMAR O PRÓXIMO E ATÉ OS NOSSOS INIMIGOS! O que, humanamente falando, não é nada fácil... .

Mas para "amar o próximo" é necessário abrir mão de algo em nós: Precisamos nos doar... .

Entendo o ato de "doar" como sendo um ato de Amor voluntário e desinteressado. E doações existem várias! Por exemplo, podemos doar boas palavras, um abraço sincero, um ouvido paciente, um sorriso franco e iluminado, um olhar complacente, uma parte do nosso tempo, de nossos alimentos, roupas, cobertores, ferramentas, mão de obra, livros e móveis em bom estado, talheres, pratos, material escolar e/ou de construção, tal como tijolos, cimento, tintas para reformas; enfim, tantas coisas! Inclusive DINHEIRO, claro! Mas tudo com ordem, decência e em prol de uma causa justa; causa essa que tanto pode beneficiar uma única pessoa como milhares delas! Creio que o ato de "doar" é uma partícula, um átomo do Amor de Deus em nós; o fluir celestial do seu Santo Espírito... .

Então, entendo que repartir o pão com o próximo é praticar o fraterno Amor de Deus! Ser misericordioso e caridoso é exercitar dentro de si o inesgotável Amor de Deus! Permanecer calado, mesmo quando ofendido, é crer no amparo e na providência do fidedigno Amor de Deus! Admirar e preservar (respeitar) a natureza é reconhecer e respeitar a perfeição do Amor de Deus! Aleluia!

Que ao olharmos para aqueles que caminham conosco, lado a lado, não sejamos pequenos, medindo-os por suas vestimentas, jóias, calçados, enfim, pelos seus pertences materiais e/ou intelectuais;que saibamos cultivar a Humildade ao ponto de: 1) Nunca nos acharmos melhores que nossos semelhantes; 2) Sentirmos mais prazer em servir do que em sermos servidos.

E se cremos no Incomparável e Infinito Amor de Deus, cremos também, que somos alcançados, usados e aperfeiçoados por Ele. Amém?

Que a Graça, a Paz e o Amor de Deus sejam conosco!
Isatucha
Enviado por Isatucha em 03/12/2007
Reeditado em 02/07/2011
Código do texto: T763440
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Isatucha
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
37 textos (5298 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 08:55)
Isatucha