Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Papai Noel para Adultos

Quando era criança nunca fui muito ligado em Papai Noel, não fazia cartas para ele pedindo centenas de presentes. Já hoje talvez acredite mais, e penso que isso aconteceu devido ao mundo atual. Afinal não é por menos e acho que muitos adultos já estão pensando no que pedir ao velhinho barbudo.
Carro novo? Apartamento? Casa na praia? Até pode ser, mas acredito que um adulto mais consciente talvez peça coisas como: Fim do mensalão; cassação de políticos desonestos, reforma tributária, fim dos desvios de verbas. E muito mais. Isso pensando apenas no Brasil. Derrocada de George Bush, fim dos desastres naturais e menos conflitos no oriente.
Pelo visto Papai Noel estará bem ocupado esse ano, ter que atender pedidos das crianças e agora dos adultos que querem uma vida mais decente, tanto para sua família e principalmente no sistema em que eles vivem. Será que ele vai dar conta? Entre uma bicicleta e um país mais honesto. De um lado a lágrima de uma criança que não foi atendida e de outro  um país ficando cada vez mais injusto. Sem esquecer que o lado do mal de tudo isso também vai pedir uma ajuda básica  para o barbudo. Não o Papai Noel, mas outro barbudo; e esse sim realiza os desejos dos que não devem ser ouvidos.
Mais um natal está por vir. E aquele adulto com seu filhinho no shopping center vai pedir ao filho que ele peça os pedidos para o um senhor fantasiado. Afinal ele já é bem grande para sentar no colo de um velhinho se passando por Papai Noel. Porém se as coisas não melhorarem é bem capaz que isso aconteça. – O que você quer meu filho? – pergunta o velhinho. Eu quero que aquele velho barbudo lá de cima pare de realizar os desejos dos companheiros deles, meu salário já não dá pra comprar videogame de ultima geração. – respondeu o adulto desconsolado. – Videogame? Mas e a bicicleta? – pergunta o velhinho. Ah os tempos são outros, bicicleta é do meu tempo, respondeu o adulto. Bons tempos mesmos e esse seu pedido não compete a mim; sabe como é, Papai Noel não ganha tão bem assim. Agora deixa seu filho sentar aqui, você anda muito pesado. O próximo a sentar no colo do bom velhinho, não é nada menos que o Lula que pede: Tem como esses meus companheiros pararem de roubar e tornarem-se honestos. O velho ouve e diz: Próximo e que seja criança.

30/11/05
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 30/11/2005
Código do texto: T78979
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1434 textos (42688 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:13)
Miguel Rodrigues