Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LÁGRIMAS DE ARREPENDIMENTO

Perdoe-me a altivez e arrogância
Ponderando e sendo tão egoísta
A vaidade e tanta mesquinharia
Uma vida em perversa ignorância

Misericórdia! por tão pretenciosa
Tendo flor; desdenhando o jardim 
Amando o hipócrita; odiando o real
Do livre arbítrio fiz a prisão fatal

Imploro e suplico sua benignidade
por ser assim tão cheia de maldade
Me perdi naquele abismo de ilusão
Grito e choro por sua compaixão.



Meu Site

http://www.esterfarias.prosaeverso.net






 
Ester Farias de Oliveira
Enviado por Ester Farias de Oliveira em 06/09/2007
Reeditado em 09/01/2014
Código do texto: T641699
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ester Farias de Oliveira
Sobradinho - Distrito Federal - Brasil, 57 anos
234 textos (47302 leituras)
5 e-livros (321 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 21:05)
Ester Farias de Oliveira