Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quero ser igual a Mãe Terra

Quero ser igual à Terra que canta seus louvores a Natureza e como um pássaro vai pulando de galho em galho levando amor aos corações, e não se cansa nunca de levar felicidade a todos que por ali estão, como o trovão que ribomba no espaço e faz cair à chuva na amplidão como a andorinha que traz o verão como todos os seres da criação quero ser assim e ser feliz por amar a Deus e toda a sua beleza que dele sai como o átomo e como o Arcanjo como a centelha e o fogo como a faísca e a explosão ah assim eu quero ser igual à mãe Terra que nunca se cansa de dar o sustento nas mãos do lavrador e cai a chuva e cai à tarde e raia o Sol e cai novamente a chuva e assim os dias passam como o vento, de sol a sol vai se fazendo a criação. Deus é amor é luz é bondade é justiça é caridade Deus é a criança que nasce é a flor que cresce é o amor que constrói é como o tudo e o nada o sustento das almas que a ele rogam por amor a seu Filho Amado ah como te negar Senhor como negar a tua existência como negar que tu és tudo isso e muito mais que isso como dizer que tu não existes, tu és o nosso sustentáculo é a rocha forte onde construímos a nossa casa tu és a nossa fortaleza e em tu confiamos Se conosco Senhor hoje e para todo o sempre Amém.
Pedro Araújo
Enviado por Pedro Araújo em 08/09/2007
Código do texto: T643334
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Araújo
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
8 textos (275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 08:05)
Pedro Araújo