Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prece a Iansã

Iansã, mãe e senhora dos ventos e tempestades,
das horas aflitas e das almas perdidas.
Mãe nos poupe de todas as saudades
e não nos deixe a cabeça e a alma desvalidas.
Iansã, Deusa máxima dos estrondos dos Trovões
Rainha, Mãe e Protetora
Dona de todas as direções.
Do meu corpo, a provedora.
Seja a Divindade dos desígnios desses filhos
O norte e a direção de todos nossos trilhos
Iansã dos raios e relâmpagos
Nos abrigue e nos proteja
Nos cubra de afagos
Que assim seja!

Eparrei, Eparrei, Oiá!

Traga-nos uma faísca da tua graça divina
Que amemos Olorum
Sejamos dos olhos, tua menina,
E não nos atinja perigo nenhum.

Eparrei, Eparrei, Oiá!


Pela boca de Maria Quitéria, coberta pelos ventos de Iansã.
Maria Quitéria
Enviado por Maria Quitéria em 18/09/2007
Reeditado em 21/10/2010
Código do texto: T657797

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/mquiteria). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Quitéria
São Paulo - São Paulo - Brasil
1098 textos (344984 leituras)
1 áudios (2465 audições)
4 e-livros (3953 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 08:46)
Maria Quitéria