Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

hiato

Às vezes somos apanhados entre dois momentos sem pertencer nem a um nem a outro, estamos num entretanto onde “tanto” é tudo e coisa nenhuma, vivemos um excesso e, simultaneamente, uma carência: entrámos dentro dum hiato.
Ontem escrevi durante um “hiato”: hi_ato?

{Ler e responder com alma:

o que é a poesia? / o que a poesia é!...

a poesia é o verso da resposta/ uma resposta que nos questiona
por onde começa o poema/ trazendo a presença escrita
até à sua conclusão?.../ até a dar como Lei!

temos um narcisix: (o) sujeito/ à imagem
e
os meus Parabéns!
a
Vincent Benedicto & Denise
associados
e
talvez seja de assinar:
Francisco/Coimbra
e
associo
a
"ÐäMå Ðë ÑëG®ö"
DANDO DESENVOLVIMENTO
À PERGUNTA:
o que é a poesia?
}
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 31/01/2006
Código do texto: T106594
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310487 leituras)
37 áudios (39565 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:26)
Francisco Coimbra