Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

pausa na escrita

Hoje não estou para intimidades e não há outro modo de dar a ler as palavras quando elas nos vêm pensar de forma pausada; vêem-nos por dentro, nus.
Há no entanto uma intimidade com a escrita onde a nitidez é uma metáfora e a forma é redundante; pausadamente, sou o reflexo dum espelho, onde olho as palavras.
Habito este hábito sem hábito, na nudez mais completa; a imagem obtida, é esta pausa na escrita: o ponto e virgula dum olhar que a acompanha.
A
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 13/02/2006
Reeditado em 16/04/2006
Código do texto: T111458
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310479 leituras)
37 áudios (39564 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:21)
Francisco Coimbra