Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Devaneios do tempo

O tempo passa, “tic tac, tic tac” e sinto um alívio na rapidez com que passa, me sinto culpada por sentir não estar aproveitando (devidamente) este tempo que acelera a cada dia mais, mas me sinto feliz que a cada dia da semana ele passe cada vez mais rápido. O ser humano de modo geral é bastante insatisfeito com a vida que tem, nunca estamos felizes de fato, sempre está faltando uma coisa que na nossa mente, nos impede de sermos felizes e completos.

Será porque que sinto tal dualidade de sentimentos de culpa e ao mesmo tempo de alívio que o tempo esteja passando rápido? Seria talvez, uma forma de fuga do dia-a-dia que me atordoa? Ou, uma vontade enorme de gritar, fugir e ver as coisas acontecerem? Ou, simplesmente, o cansaço de esperar que as coisas aconteçam? Mesmo que você esteja fazendo sempre tudo para que as coisas sejam diferentes a cada dia.

É demasiada cansativa a espera, sendo que você não suporta mais ver o tempo passar e a vida continuar a mesma. É indescritivel o sentimento de ter toda a liberdade do mundo, mas se ver preso ao passado, se ver preso a algo, se sentir preso dentro dessa “liberdade” ilusória. É infeliz, você saber o caminho das pedras para a tão sonhada “felicidade” e ver que anda desperdiçando sua vida e energia com o que realmente não importa. Mas, o que é mais triste ainda é não saber qual caminho seguir, sendo que há tantos para se escolher, se sentir perdida na estrada infinita da vida.

O que me conforta é que o tempo passa, mas a vida continua, uma hora ou outra nos descobriremos e nos sentiremos seguros no caminho que estamos e os momentos de indecisão, de perdição, ficarão no passado, junto com o tempo que já se esvaiu.

Ana Paula de Mendonça Braga.
16/02/06
Ana Paula M Braga
Enviado por Ana Paula M Braga em 16/02/2006
Reeditado em 16/02/2006
Código do texto: T112695

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ana Paula M. Braga). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Paula M Braga
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 36 anos
4 textos (1229 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:53)
Ana Paula M Braga