Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FANTOCHE OU ROBÔ

Que exista destino
fatos se concretizem.
Seja eu comandada,
fantoche ou robô...
Se a natureza o é
sejamos também.
Olho a maré que vem e que vai,
lembranças de você...
Chega ao anoitecer,
se vai ao amanhecer!
Quero silêncio para meditar,
entender o que não posso compreender...
A maré vem e vai,
mas está integrada à areia.
Por quê  eu,
não sou parte de você?
 
13/03/2006  18:34
Santos SP
Respeite Direitos Autorais
 

Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 13/03/2006
Reeditado em 24/08/2007
Código do texto: T122718

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito à autora original(Nadir A D'Onofrio) http://www.nadirdonofrio.recantodasletras.com.br/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Santos - São Paulo - Brasil
941 textos (96701 leituras)
145 áudios (12768 audições)
18 e-livros (4283 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:18)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor