Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Continuo aprendendo

Eu aprendi...
Assim como a chuva irrompe na choupana mal coberta
Assim a paixão irrompe na mente mal disciplinada

Eu aprendi...
Cada vida é uma nota
Que desferida numa sala aberta
Faz vibrar em uníssono outros instrumentos semelhantes
Em todas a extensão dos corredores do tempo
Até ser finalmente absorvida
Na harmonia universal do céu
O apagar da chama da paixão egoista

Eu aprendi...
Nada sei do mistério de Deus
Mas conheço alguma coisa das misérias do homem

Eu aprendi...
Como a abelha sem causar dano à flor
À sua cor, ao seu perfume
Se afasta levando o néctar
Assim também deve o homem viver sobre a terra

Eu aprendi...
Eu ainda estou aprendendo...
Denis Duarte
Enviado por Denis Duarte em 24/03/2006
Reeditado em 24/03/2006
Código do texto: T127932
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Denis Duarte
São Paulo - São Paulo - Brasil
10 textos (596 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:33)
Denis Duarte