Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Levanto mais cansado

Levantei a mão e não foi o sol, mas congelou.
Me seguiram na calçada, agora me obrigo a olhar para traz.
Um pedaço de planta me atingiu, por que não veio o vaso também?.
A catraca do passeio me agonizou, vou de pé aflito trocando os passos.
Fui sem dizer tchau e me colocaram na página errada da educação.
Levo a vida como eu me fiz fazer.
Recebo então o troco errado por que ele quer vir assim.
O fantástico e o imperfeito me querem num sono desigual.
Durmo acordado.
r u l
Enviado por r u l em 26/03/2006
Código do texto: T128987
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
r u l
São Paulo - São Paulo - Brasil, 29 anos
21 textos (1098 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:46)
r u l