CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

A LUXURIA

A Luxuria

...Vamos entrar no quinto céu, ou seja; O Céu Infernal da Luxuria, isto posto quer dizer: - São condenados pelos supostos deuses os espíritos que contrariam a esse dizer, ou seja, cair nessa tentação do pecado chamado de luxuria significa ser dominado pelo desejo de experimentar ao máximo à sensualidade e a exuberância dos sentidos. Desfrutar o sexo e o prazer é, sem dúvida, muito gostoso e altamente positivo. Mas o pecado está no abuso, no excesso. Um exemplo bem marcado na historia dessa perda dos parâmetros é a decadência das civilizações em vários planetas, na qual o refinamento estético e a valorização do corpo, típicos dessas culturas descambaram mais tarde em orgias e bebedeiras coletivas. Devemos compreender que a luxúria é uma orgia dos sentidos. É preciso estabelecer até onde é saudável desfrutar das coisas e até o amor com liberdade, sem compulsões. Por outro lado, a negação dessa força que é muito prazerosa restringe a expressão mais íntima, empobrecendo o seu viver. A luxúria está no corpo espiritual, localizado no quinto chakra, conhecido como laríngeo, na altura da garganta e está ligado á expressão. Sua cor é azul e corresponde á glândula tireóide, que fica no pescoço responsável pelo controle da produção hormonal e as funções metabólicas. – Já sei... - Querem saber se os espíritos têm essas funções? – A resposta é sim. Todos os espíritos têm todas as funções de um corpo físico representados pelos habitantes do planeta terra onde vocês viveram. O Espírito é a imagem e semelhança dos que vivem na terra. Diferente dos outros planetas... Mas para equilibrar a luxúria temos de fazer uma coisa muito linda que os habitantes de seu planeta fazem sem saber. Devemos pintar, cantar, dançar, despertar e dar expressão aos nossos talentos e dons com criatividade. Devemos também ir a lugares que nós dêem entendimento, distração, alegria,. Devemos viver a vida do jeito que cada mundo nos traz a ela. O contato com as diversas formas de vida apazigua e define os sentidos e a criatividade. Escute música tranqüila. Pratique a temperança, a virtude da moderação e do equilíbrio de apetites, desejos e paixões, etc. – Se conseguir viver a luxuria com sabedoria jamais será um desequilibrado. Lembre-se que a luxuria não é apenas viver entre grandes coisas, como a avareza e sim se desequilibrar os sentidos em coisa alguma, apenas pelo simples fato de querer por poder ou mesmo sem poder. Cada Pecado tem seus sete pecados agregados a ele e a luxuria não é diferente. Saibam que a Luxuria não empobrece o espírito mais o seu distúrbio. Viver a luxuria material é uma coisa, mas transformá-la em orgia é outra. Como disse antes: Fazer amor é bom, ter relacionamentos momentâneos que nos dêem prazer é bom, saber fazer amor de varias maneiras é bom. Mas devemos lembrar que não é apenas a essência masculina que deva sentir prazer, mas a feminina também. A luxuria está em você exteriorizar o seu saber de respeitar a si e ao próximo: Se o homem pode ter varias mulheres para se satisfazer; - Por que a mulher tem que se satisfazer apenas com um homem. A essência masculina possuída da luxuria praticam orgias, obrigando muitas vezes uma mulher se relacionar com vários homens e um homem com varias mulheres. A luxuria deve ser equilibrada para o ato de amar e se sentir bem com você mesmo e com os outros. Nada é pecado na luxuria desde que você entenda o que é a luxuria e qual o seu real significado. A luxuria lhe da à liberdade para ser livre, amar e ter prazeres carnais e materiais... Mas devemos lembrar sempre... Sexo é para animais, o espírito sabe como é o real prazer do amor para ambos os lados...
- Nossa estou impressionado com tanta sabedoria. - Tem mais alguma coisa que o cavaleiro não saiba?
- Sim, tem mais. - Será que vocês podem me dizer um só espírito que não deseja uma luxuria, rs.
- Os miseráveis que lutam pelos pobres.
- Engano seu Jonatã. Até aqueles que se julgam miseráveis e querem ajudar os outros, mesmo com suas incansáveis lutas, em seu intimo querem um pouco de luxuria, Se não for de ordem material é de ordem espiritual.


Trecho do Livro “O Príncipe das Trevas”
 Autor: Jose Meireles do Nascimento
Jose Meireles
Enviado por Jose Meireles em 18/11/2008
Reeditado em 25/05/2009
Código do texto: T1290352

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Jose Meireles
Osasco - São Paulo - Brasil
62 textos (22276 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/09/14 20:43)