Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Acomodação

O que sobrou de mim. Entre escombros das minhas emoções, encontra-se uma vela acesa onde o pavio está quase no fim. Não expresso mais o que sou, e sim o que eu tento ser. O mundo se abriu, mas em uma utopia eu entrei. A vida agora é um rio cheio de corredeiras e redemoinhos. O que quero achar não decidi ao certo. O alvo muitas vezes é um álibi para ter algo no que pensar.
Alex Sobrinho
Enviado por Alex Sobrinho em 01/05/2005
Código do texto: T14167
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alex Sobrinho
Curitiba - Paraná - Brasil, 32 anos
7 textos (548 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 11:53)
Alex Sobrinho