Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUA QUADRADA


Eu fui preso buscando a liberdade,
fui pego na rede da realidade.
Na intriga mestra da hipocrisia, espontâneo ou não,
fui pego a margem,singrando no sonho da simples verdade
em oposto a covardia.
Fui amado a loucura, louco de dor da ferradura.
Dito assim não parece, mas odiado pela ditadura.
Fui presente apegado ao passado, dele eu fujo amargurado. Por isso hoje presenteio aumentando em toscas teses a escritura.
Assim faço meu choro saudoso, deveras que não quero esquecido, faço como meia pirâmide que ninguém quer vê,
já que incomoda a fome na base larga sem ranhura.
Não incomoda até que a própria casa esteja vazia.
Pois então, agora não me refreio ante ao mal que me persegue, e tento ser poeta em tempo inteiro por simples opção, sem que ninguém mais me cegue, porque não sou uma divisão lógica de dois conceitos contrários.
Jose Carlos Cavalcante
Enviado por Jose Carlos Cavalcante em 03/05/2006
Código do texto: T149627
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jose Carlos Cavalcante
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
730 textos (54065 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:50)
Jose Carlos Cavalcante