Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A dama de olhos de gata.

O mistério envolvia aquela dama.
Dama de olhos de gata, toda arisca e ressentida por deixar de viver um amor.
Soberana em seus pensamentos, bela dama.
Suas curvas eram lindas e simples porém de uma nobreza peculiar mas nem tão comum.
Sua sutileza no olhar e nas palavras me tocavam alma.
Preocupava-se com o filho, belo menino.
Sentimental de sorriso único e puro, como os da mãe tão amada por ele e pelos que a cercavam.
Bela dama aquela.
Uma menina linda de olhos de gata, cachinhos castanhos e curtos onde os dedos se perdiam ao enrrolar,de sorriso lindo e que abria os portais do desconhecido, do tempo, da eternidade.
Mostrava como a vida seria fácil se apenas se aceita-se o que lhe é oferecido.
Mas a dúvida mata,quem deseja esta dama, ela é de palavra e tudo se torna muito fácil pra ela em cada jornada e caminhada que dá, mas há sempre uma barreira pra transpor logo a frente.
Não por ela que é guerreira e desejada, e sempre as ultrapassa.
Mas pelos que a amam, não podendo serem intensos como a dama de olhos de gata deseja, simplesmente se deixam passar na vida dela.
Momentos ternos de carinho agora, ficam pra traz, deixam claro que tudo não passou de um sonho.
Momentaneo que durou o suficiente para se tornar deveras inesquecível.
A dor da partida, de largar tal dama sozinha novamente é triste, mas mais a frente, e muito mais que rápido ela logo estará acompanhada.
A bela dama de olhos de gata, é tão somente amada, ah muito amada, e sonhadora, sempre rodeada de amores e amigos.
Hoje está acompanhada e ao observa-la choro, porque não fui o que devia ser, para receber seus carinhos, e sentar-me entre suas pernas.
Como um dia fiz, sonhei, desejei... mas infelizmente acordei.
Do sonho vivido, e o futuro foi contido pelos caminhos que escolhi.
Hoje só, caminho ainda, sem minha dama de olhos de gata, que hoje pertece a outra que soube dar a ti o valor, valor carnal e social que eu nunca pude oferecer.
Meu coração dói ao descrever, tal façanha em minha vida, mas de uma coisa sei e é certa ainda.
Que a linda dama de olhos de gata eternamente será minha, nos meus momentos de lembrança e nessa poesia escrita pra ti.
Serás a minha eterna dama, minha amada e exemplo de vida.
Será um tudo que conquistei mesmo que por poucos instantes, instantes esses que jamais sairão daqui do peito onde um dia ela reinou.
Senhora da Luz
Enviado por Senhora da Luz em 05/05/2006
Reeditado em 05/05/2006
Código do texto: T150537
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Senhora da Luz
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 41 anos
40 textos (5509 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:23)
Senhora da Luz