Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perdoa-me



Perdoa-me...
Eu não sei...
 
Senhor, perdoa-me
porque eu não sei perdoar.
Perdoa-me Senhor
por querer julgar, condenar, fazer justiça:
Àquele bandido,
que assaltou e matou o operário que retornava do trabalho
com sua féria do mês no bolso,
o único para comprar o pão de cada dia, durante o mês,
para alimentar sua família.
Aquele que matou sua própria esposa grávida de quatro meses,
indefesa.
Aquele que matou sua esposa de surpresa, igualmente indefesa.
Aquele que torturou, estuprou e matou a criança,
seu próprio filho ou não,
que só sabia sorrir.
Aquele que seqüestrou e praticou tantas outras barbáries
contra seus semelhantes.
Aquele que disse que era meu representante
e me roubou.
Perdoa-me Senhor,
por não saber virar a outra face.
Senhor, perdoa a minha hipocrisia quando digo:
“perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos
a quem nos tem ofendido”.
Perdoa-me senhor,
porque eu sou a natureza que não perdoa a quem a agride.
Senhor, quando eu conseguir perdoar tudo isto que hoje não consigo,
será que posso me sentar ao seu lado?
Eu não sei!
                                                                                  Eu,ala
Euala
Enviado por Euala em 25/05/2006
Código do texto: T162589
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Euala
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil
42 textos (3008 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:27)