Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Discretos Pecados

Um beijo roubado...
O olhar acanhado
E o coração... doido, perdido e descompassado
Ah... Beijos molhados...
Lábios afogados, amantes e enamorados
No toque das mãos... te acendo a paixão, atiço o tesão
Nossos corpos suados, bêbados de amores  
Entrelaçam-se confusos
Degustando os próprios sabores
Como se fossem suaves licores
Ai, ai... Esse beijo atrevido...
Olhar mais assanhado, coração tatuado
O gato se assanha, a gata faz manha
E é desse jeitinho que você me ganha
Hum... Que Beijo tarado... 
E que olhar mais safado, o coração perde sossego
É tudo miragem, loucura, e desejo
É meu botão que se parte, 
É nossa febre que arde
É a hora da fome, 
É meu juízo que some
Eita, Tormento sem nome!


Sandra Mara
Enviado por Sandra Mara em 30/05/2006
Reeditado em 11/09/2007
Código do texto: T166185

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Mara
Estados Unidos
84 textos (12088 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 19:02)
Sandra Mara