Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PIERRÔ

Tristeza que brota do fundo da alma.
Sensação de vazio... De profundo...
Saudade do que não se realizou...
Vontade de ir embora...
Pra qualquer lugar... Deixar o vento levar...
Estrada sem fim, que me leve a nenhum lugar...
Olhar perdido, sem qualquer sombra de brilho,
Como fora em outrora.
Como “fera ferida, sufocando meu gemido”...
“Um pássaro sem asa, sem poder voar”...
Perdida, num mundo cheio de perguntas, sem resposta.
Escondendo-me de mim mesma, atrás de uma mascara de “Pierrô”.
Uma representação triste da vida que chora.
Se lamentando....
Quase que pedindo socorro...
Tristeza sem fim, que abre um buraco no peito vazio...
A alma fica em silêncio.
Quieta num canto escuro, de onde não quer mais sair.
Não tem nada para ver, a não ser um mundo sem graça.
Que tristeza... Que tristeza... Que tristeza....
A mascara chora...
A mascara sorri...
GEOVANIA
Enviado por GEOVANIA em 09/06/2006
Reeditado em 09/06/2006
Código do texto: T172248
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
GEOVANIA
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil, 49 anos
25 textos (2129 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 08:52)
GEOVANIA