Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda



Texto

O brasileiro não sabe preencher currículo

Quinta a noite fui chamada por um colega do teatro para fazer um trabalho sujo. Ele estava fazendo uma seleção de pessoas e procurando uma candidata responsável para contratar em sua loja. A idéia não era eu ser uma candidata, e sim uma espiã daquelas infiltradas na empresa para avaliar o perfil do candidato. Como faço teatro, o papel serviu bem... Mas isso me fez perceber muitas coisas que no começo eram só engraçadas. Como a grande verdade: de que os brasileiros não sabem preencher currículo e muito menos participar de uma entrevista de emprego. Vou relatar a vocês o que em verdade todos deveriam ter noção. Isso não está em nenhum site e por isso levem em consideração porque aconteceu:
-
-
AO PARTICIPAR DE UMA ENTREVISTA:
1° Cheguem minutos antes do horário;
2° Vistam-se adequadamente;
3° Quando o entrevistador perguntar alguma coisa, prontifique-se a responder;
4° Tenha controle de suas palavras e ao relatar alguma coisa não digam pontos negativos como, por exemplo: "Nunca trabalhei" - Troque isso por: Já fiz cursos; Sou uma pessoa rápida em aprender ou tenho interesse.
5° Não fale mal do salário, da empresa que trabalhou e dos problemas que você tivera com seus colegas de trabalho;
6° Seja natural, simpático, interessado e criativo. Porque não tem nada pior que você responder alguma coisa para o entrevistador se baseando na resposta de outro candidato;
7° Se houver alguma dinâmica de grupo, não utilize palavras vagas ou gírias. Isso é de total falta de compostura.
8° Seja uma pessoa com dúvidas. Saiba informações como salário, horário de trabalho, se é de carteira assinada... Enfim, informações altamente importantes para você que quer o emprego.
-
-
AO ENTREGAR O CURRÍCULO:
1° Não entregar um currículo destes que se compra na papelaria. Aquilo é desconsiderado porque é preenchida a mão, contêm informações que não são importantes e sem falar que é antiquado;
2° Se você quiser montar um currículo, não se baseie no currículo citado acima, porque não é necessário ter informações como: filiação, número de CPF, RG ou título de eleitor. Não precisa ter foto a não ser que a empresa peça.
3° Tenha um currículo de no máximo 2 páginas, sendo que a primeira página não pode ser seu nome bem grande no centro da folha como se fosse um trabalho do colégio.
4° NUNCA, JAMAIS, EM HIPÓTESE ALGUMA coloque CURRICULUM VITAE, isso vem do latim, já caiu de moda há muito tempo. Coloque sim seu nome completo centralizado na folha.
5° Separe o currículo por tópicos utilizando letra tamanho 12 ou 14 no máximo e a utilize padrão como a letra ARIAL e TIMES NEW ROMAN. Justifique seu texto quando estiver montando-o no word ou qualquer outro programa que você use.
6° Tenha a decência de corrigir erros, digitar corretamente deixando espaço entre as palavras, usando letra maiúscula em começo de frase. Organize seu currículo para que avaliem seu histórico e você consiga!
7° Não ponha informações medíocres como ocorreu da entrevistada colocar:
"Línguas: Português básico.". Nem vou fazer comentários sobre isso!
8° Ao organizar os tópicos, tenha noção que só é necessário: Dados pessoais, formação acadêmica, cursos e atividades extracurriculares e experiências de onde você trabalhou.
Nos dados pessoais coloque: endereço, cel., e-mail, estado civil, idade, nacionalidade.
Na formação acadêmica: especificar até aonde cursou e dizer o colégio.
Nos cursos: Só é necessário o nome do curso, o ano que concluiu ou participou, sua função e onde era realizado. Não é necessário telefone, porque se eles quiserem a comprovação, pedem seu certificado.
A experiência segue a mesma linha dos cursos: O que muda é que em vez do ano, você põe o tempo que trabalhou com data especificada.
-
-
Concluindo e viajando: Somos um país que está na 10° potência mundial e temos uma educação de merda. Sou obrigada a concordar com meu professor de história: Se a lei de impostos sobre grandes fortunas fosse aprovada, uma única pessoa não teria grande concentração de renda. Esses indivíduos que acumulam riquezas acabam ficando cada vez mais ricos e o governo cada vez mais pobre para investir na educação. Em outros países esta lei acontece, e mostra que uma pessoa só não pode viver sem trabalhar, como é o caso de pessoas aqui no Brasil que vivem recebendo alugueis porque tem muitos imóveis para alugar.
Em nosso país se você vai financiar uma casa própria, paga 7,2% de juros ao ano em média tirando pela caixa econômica que é uma das mais baratas, lá na Europa eles pagam 1,1% ao ano. Então acaba sendo grande a diferença porque cada um tem sua casa própria e não acumula bens devido à obrigatoriedade em vender e não ter impostos concentrados.
Com o grande achado do petróleo, podemos subir para 5° potência mundial. Mas os brasileiros não mudarão e é muito triste saber que possuem pessoas analfabetas e sem expressividade para dar opiniões porque não lê, não vê um jornal, não se importa com nada. E na hora de dar uma entrevista acaba sendo alvo de risadas. E no fundo isso é decepcionante.
Me faz pensar tantas coisas que poderiam ser mudadas, como a escola que tem a política de dar notas para avaliar os alunos. Será que é por isso que tanta gente não gosta de estudar e não termina o 2° grau? A escola pública defasada pelo mau ensino que eu tive e que muitos tiveram me fez refletir que eu não sabia nada. Que a aula de religião que foi aprovada para ser obrigatória nas escolas deveria ser trocada por aulas de filosofia. Daquelas que você aprende a pensar, se importar e reagir. Acho que minha parte estou fazendo, que é divulgando uma idéia super importante para pensar no futuro, mas e você, será que se importa?
Mayana
Enviado por Mayana em 12/09/2009
Código do texto: T1806397

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Mayana
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
223 textos (87382 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/14 11:05)