Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fantasmas e Luzes

Fantasmas do pensamento.

 "Os fantasmas me incomodam, que subitamente me vejo perdido entre pensamentos obscuros....

 Tenho um certo medo pois não sei onde piso, não sei se estou só não sei se tem alguém comigo....

 Às vezes choro, às vezes canto, às vezes fico parado, estático esperando uma resposta....

 Esses fantasmas me incomodam, parece que estão por toda parte, mas que parte?.

 Me recuso a cogitar hipóteses sobre esse fato, me recuso sequer pensar....

 Pois sei que o pensamento por mais singelo que seja está sendo visto por alguém, por algo....

 Peço ajuda, e o não sei se alguém me ouve! Ofereço ajuda, muitos aparecem....

 Permaneço aqui, esperando, tolerante, massacrado, mas satisfeito com o que não sei....

 Os fantasmas já não me incomodam, a luz está acesa e dessa forma o medo se vai....

 As luzes estão acesas, vejo tudo, vejo todos, vejo o que estão fazendo....

 Me decepciona, saber que depois da luz acesa tanta coisa aparece, muitos padecem....

 Me surpreende, os que fazem o bem sem olhar quem, os que dizem amém, os que agradecem....

 Me entristece, quando as luzes acendem e mostram o verdadeiro eu, talvez eu pudesse ser melhor, eu pudesse fazer mais, mas não fiz, mas não faço, mas não o farei....

 Em diante, tudo muda, tudo fica a exatamente como era, tudo, tudo, nada...
Sandro London
Enviado por Sandro London em 22/07/2006
Reeditado em 22/07/2006
Código do texto: T199648
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sandro London
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil
24 textos (476 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:42)
Sandro London