Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O que acontece no verão?

    Eu devereia me rasgar agora, ou me arrastar devolta ao abismo e dormir sobre meus trastes. A beleza é tão difícil! Deveria subir mais alto e então dizer que serei mais simples no verão, mas então veriamos isso em todas as estações. E talves quisesse, em delírio absurdo, consagrar minha errada capacidade de mergulhar em tudo que me possa parecer eterno, em tudo que me possa parecer verdade.
    Agora pago por ser como sou: sozinho em meio ao mundo. Agora não sei voltar, por que não deixo rastros pelo caminho e acho que não sei nem caminhar, não enxergo os sinais.
E a solidão em sua mudez gritante, agora me renega seu prazer consolador. Ela diz: - Partiu-se. Acabou!
    Oque sou? As lágrimas me dizem que sou fraco.
E quero tanto um abraço, alguém que me proteja.
Novamente só!
Dil Erick
Enviado por Dil Erick em 30/07/2006
Reeditado em 14/09/2007
Código do texto: T205487
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dil Erick
Macapá - Amapá - Brasil, 29 anos
325 textos (13536 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:05)
Dil Erick