Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Je vous salut, Franz Kafka!

Hoje, caminhando pelas ruas centrais de Campinas, em manhã luminosa, veio-me à mente, de forma involuntária, uma bela lição do escritor tcheco Franz Kafka. Numa das cartas que Kafka enviou ao amigo Oskar Pollak, em cruelindíssimo registro kafkiano, encontramos tal conjunto de pérolas:

" _ Creio que só devemos ler os livros que nos mordem e ferroem. Se o livro que estivermos lendo não nos despertar com um murro no crânio, então por que lê-lo? (...) O livro tem de figurar como machado para o mar congelado dentro de nós."


Je vous salut, Franz Kafka!!

Prof. Dr. Sílvio Medeiros
Campinas, é inverno de 2006.
SÍLVIO MEDEIROS
Enviado por SÍLVIO MEDEIROS em 07/08/2006
Reeditado em 07/08/2006
Código do texto: T211396

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor (Prof. Dr. Sílvio Medeiros) e o link para o site www.recantodasletras.com.br/autores/silviomedeiros). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
SÍLVIO MEDEIROS
Campinas - São Paulo - Brasil, 61 anos
267 textos (351864 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 15:04)
SÍLVIO MEDEIROS