Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEDITAÇÕES BENJAMINIANAS

I

     Vivemos uma época privada de futuro. A espera do que virá não é mais esperança, mas angústia. No entanto, há uma palavra mágica: PASSADO.
     Vamos despertar as centelhas de esperança que povoam o passado!
     Por que esta insuperável barreira entre os mortos e os vivos?
     Nossos “ancestrais espirituais” nos colocam questões que não conseguiram solucionar. Eles nos enviam sinais, nos interrogando, na esperança e na expectativa de aprender aquilo que não puderam aprender em seus tempos. Os mortos só sabem o que sabiam no momento da morte e nada mais. Eles se esforçam para penetrar na vida e participar do saber dos homens, na esperança de que os vivos possam, finalmente, promover a REDENÇÃO dos que foram vencidos pela História.
.....................................................

 II
   
     “Os homens como espécie estão, decerto, há milênios, no fim de sua evolução; mas a humanidade como espécie está no começo.” (Walter Benjamin)
.....................................................

III

SOBRE GUERRAS MUNDIAIS:
     
     “Massas humanas, gases, forças elétricas foram lançadas ao campo aberto, correntes de alta freqüência atravessaram a paisagem, novos astros ergueram-se no céu, espaço aéreo e profundezas marítimas ferveram de propulsores, e por toda parte cavaram-se poços sacrificiais na Mãe Terra (...) A técnica traiu a humanidade e transformou o leito de núpcias em um mar de sangue.” (Walter Benjamin)




PROF. DR. SÍLVIO MEDEIROS
Campinas, é inverno de 2006.
SÍLVIO MEDEIROS
Enviado por SÍLVIO MEDEIROS em 16/08/2006
Código do texto: T217747

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor (Prof. Dr. Sílvio Medeiros) e o link para o site www.recantodasletras.com.br/autores/silviomedeiros). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
SÍLVIO MEDEIROS
Campinas - São Paulo - Brasil, 61 anos
267 textos (351780 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:52)
SÍLVIO MEDEIROS