Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Visão Antropológica de Cristo

Visão Antropológica de Cristo

Antropologia significa, do Gr. ánthropos, homem + lógos, tratado, é estudo de povos e raças do ponto de vista físico.
No ponto de vista cultural e esse é o enfoque da mensagem significa: estudo do homem, tendo em conta a sociologia, etnologia, história e psicologia social em geral.

Vamos analisar a relação entre Cristo e o seu polêmico e famoso discípulo até então, que não era Pedro.
Jesus Cristo nos da um exemplo grande de sua visão antropológica, que foi alguém que observava e estuda o homem, entrando em sua cultura respeitando o seu mundo e o mais importante sem ofender a maneira pela qual o individuo se portava em meio à sociedade.

Cultura vem de cultivar, conjunto de padrões de um comportamento, são valores morais e matérias que um individuo possui.
Jesus vendo Pedro observando Pedro e tendo o desejo que ele fosse um de seus seguidores, teve uma estratégia muito boa em relação a esse simples homem que para sociedade e também no conceito religioso era um tremendo ignorante por ser pescador, um inculto, um pescador que vivia preso a sua cultura.
Jesus Cristo queria transformar esse homem que aos olhos da sociedade era inculto, mas aos olhos de Cristo era um homem com mais uma cultura como muitas outras que já conhecia, em um pescador de homens alguém que pudesse salvar vidas para o reino de DEUS.
Jesus com toda a sua maneira sensível de valorizar o homem disse a Pedro com carinho, dando a ele essa grande oportunidade e responsabilidade.

Jesus a Simão: Não temas; doravante serás pescador de homens. (Lucas 5:10).
Essa profecia sobre o seu futuro deu a Pedro um valor inestimável, creio que a sua auto-estima foi lá em cima, afinal o Messias o tinha chamado, que coisa maravilhosa uma pessoa importante me dando importância.
Um pescador naquele contexto tinha uma imagem de uma pessoa inculta, pobre e desprezada, mas Cristo com sua visão de águia visão de Antropólogo penetrou no mais profundo do ser daquele homem.

Jesus Cristo fez a diferença porque em nenhum momento criticou a cultura daquele homem, ele foi sábio, entrou no mundo de Pedro, não destruiu a sua cultura e usou a cultura de Pedro como ferramenta de evangelização, um simples pescador tornou-se um grande pescador de homens, um influenciador a ponto de hoje ser considerado como um dos pilares do cristianismo, isso mesmo, o SANTO Pedro que é admirado e devotado por milhões foi um simples pescador um dia.

Acredito meu amigo que DEUS tem visto a sua vida e ele quer entrar no seu mundo, na sua cultura e fazer de você e do que você tem um instrumento de salvação tanto para ti mesmo como para muitos.
Não existe cultura inferior, inferior é achar que é achar que existe inferioridade.
Jesus Cristo nessa passagem nos deu o maior exemplo de respeito sobre as questões culturais, que todos nós venhamos a agir assim, respeitando as diferenças.
Meu caro ah! se no meio religioso tivesse esse tipo de pensamento o mundo seria bem melhor, muitas pessoas não estariam confusas como estão nos dias de hoje.
A Antropologia é uma benção na vida de nos seres humanos, pois ela mostra a diversidade cultural em que vivemos, enfatizando que cada uma tem sua importância, e isso é muito bom.

Não somos melhores e nem piores, somos apenas diferentes.
Que o Senhor ti abençoe e com essa curta mensagem e você possa entender a mais profunda lição de amor e respeito pelo próximo e a sua cultura.
Que Cristo possa entrar em seu barco em sua vida e ti chamar para ser um pescador, porque além de amar você ele conta com sua ajuda.

Abraços desse simples pescador
William Daniel.
Comunidade Sementes Filosóficas - ORKUT
Sementes Filosóficas
Enviado por Sementes Filosóficas em 21/08/2006
Código do texto: T221919
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sementes Filosóficas
Jaboticabal - São Paulo - Brasil, 41 anos
3 textos (65 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 07:57)
Sementes Filosóficas