Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Faces do esquecimento

                 

                 Faces do esquecimento



   Eram tantas faces rostos que pareciam não ter vida,todos ali a olharem-me  ou talvez a olharem através de mim, pareciam que não me notavam, afinal quem sou eu em meio a este emaranhado de faces?
   Será que não sou eu quem não os nota? Ou talvez eu não queira ser visto, mas todas aquelas faces continuavam ali imóveis, eu também estava imóvel, ao olhar para o lado percebi que cada face que via era apenas o reflexo de minha vida, não; realmente elas não tinham vida pois afinal eu não dei a elas este prazer, eram os reflexos de fatos que deixei para trás, eram pessoas que não pude conhecer, por não conhecer a mim mesmo e agora o que fazer estou em meio a este emaranhado de faces que não conheço!
   Sem perceber fui me misturando aquele emaranhado de faces, então me tornei uma delas, apenas um ser desconhecido por mim mesmo.
Mero mortal
Enviado por Mero mortal em 22/08/2006
Código do texto: T222972

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cleber Fabiano dos Santos..... Mero Mortal). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mero mortal
Palmital - São Paulo - Brasil, 32 anos
8 textos (514 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:52)
Mero mortal