CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

.e o que te move?.

Sempre há um momento na vida em que você para e se faz algumas perguntas, que talvez não lhe façam muito sentido logo de cara, mas que com certeza lhe farão daqui há algum tempo.
A razão que moveu seu passado, é a mesma razão que move seu presente?
E a razão que move seu presente, é a mesma razão que moverá seu futuro?

Muito complexo para tentar explicar, porém muito simples de entender. O que és hoje, te orgulha por ter se superado, por ter vivido, por ter amadurecido.
Mas tudo que és hoje, te orgulharias de ser amanhã?

Deixando de lado influências, qual é o real motivo que te trás aqui?
O mesmo motivo que te traria há alguns anos atrás?
O mesmo motivo que te trará novamente daqui há alguns anos?
O mesmo motivo que me faz escrever?

Confesso o que me move até aqui,
Não é a minha razão, e sim meu coração.
Coração este que demonstra seus sentimentos das formas mais singelas possiveis.
Talvez um olhar, talvez um abraço, ou quem sabe um sorriso.
Mas sentimentos esses que se traduzidos em letras, formariam uma única palavra, AMOR.
Sim, o amor, e o AMOR que resalto em caps.
O AMOR que nos faz olhar a vida de maneira diferente.
O AMOR que nos faz viver de forma diferente.

E ressalto mais ainda, que a razão e os motivos que me moviam no passado, não são as mesmas que me movem no presente.
Mas se me perguntassem se a razão e os motivos que me movem no meu presente, são os mesmos que me moverão no futuro, a resposta é sim.

Não lhe digo isso como uma criança, qual se põe no colo à sonhar, à sorrir e à cantar seu futuro como um rio de rosas, vertendo de um coração puro e ingênuo.
Digo-lhe isso, com a certeza de uma mulher, que já sonhou como uma criança, que sorriu, que cantou seu futuro com o coração puro e ingênuo, que viveu apenas seus primeiros 19 anos de vida, com a maior intensidade possível, que sofreu, que chorou, que se arrependeu, que se orgulhou, e que continua se orgulhando por não esquecer, e não deixar de lado o coração puro, talvez não ingênuo, mas puro sim, e cheio de amor, e o AMOR em caps, que me move hoje, e que me moverá no futuro.

É disto que me orgulharei no futuro, assim como me orgulho no presente, por este presente ser o futuro do meu passado.

E o AMOR?
O AMOR em caps, tem um sentido.
Sentido este que não será perdido, não enquanto um coração puro, latejar para as veias um sentimento profundo e verdadeiro.
niih osiowy
Enviado por niih osiowy em 02/05/2010
Reeditado em 02/05/2010
Código do texto: T2233179

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
niih osiowy
Curitiba - Paraná - Brasil
20 textos (7620 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/07/14 21:56)