Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cuidado: frágil



Minha natureza não fingida
Me faz solta na vida
Saio sem desejar a partida
Choro a cada despedida
Sou frágil
Sem indicações de uso
Não suporto abusos
Talvez eu esteja em desuso
Mas a minha validade
É para toda eternidade
Quem a embalagem desejar
Precisa saber carregar
Braços fortes, coração aberto
Tenha cuidado seja esperto
O perigo ronda ao lado
Seja verdadeiro
Para tal não há dinheiro
Que substitua o amor primeiro.
Dengosa
Enviado por Dengosa em 25/08/2006
Código do texto: T224988
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dengosa
Governador Valadares - Minas Gerais - Brasil, 38 anos
8 textos (338 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:35)
Dengosa