Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os mais forte também têm seus momentos de fragilidade. As pessoas mais cultas passam por momentos de incoerência. O ser humano mais gentil também perde a paciência. A pessoa mais rígida e auto-suficiente derrama suas lágrimas, ainda que escondidas.
Augusto Cury
 

Sabe-se que Deus é bom.
Então, porque as pessoas sofrem, porque existe a dor e o sofrimento do nosso mundo?
Seria porque às vezes só através da tristeza, do fracasso, conseguimos atingir nossos objetivos e cada vez mais nos aperfeiçoar? A cura, algumas vezes só vem através do sofrimento, ele ajuda a pessoa a se limpar, se purificar e se auto-valorizar.
Talvez cheguemos a conclusão de que a dor pode ser algo bom, pois pode gerar o crescimento e a verdadeira cura do ser humano no sentido de proporciona-lo um momento de reflexão sobre sua existência e sua relação com o mundo que o cerca.
Quantas vezes não dizemos: “não farei ao meu próximo aquilo que não desejo que ele me faça” Para podermos melhorar nossas vidas, melhorar o mundo, não devemos impor uma maneira de demonstrar nosso amor, mas sim evitar o sofrimento alheio.
Depois do ocorrido quando olharmos nossos companheiros procuraremos ver nós mesmos. Daí alguém poderia perguntar: mas isso não é egoísmo? Não, pois quando olhamos a maldade nos outros é porque conhecemos a maldade através do nosso comportamento. Nós nunca perdoamos aqueles que nos ferem, por que achamos que jamais seríamos perdoados, nós dizemos a verdade dolorosa ao próximo, porque queremos escondê-la de nós mesmos. Refugiamos-nos no orgulho, para que ninguém possa ver nossa fragilidade.
Por isso sempre que estiver julgando seu irmão, tenha a consciência de que é você mesmo que está no tribunal. 

Obrigado por existir!
Abraços
Paz e Felicidades!
Alex Soares
Enviado por Alex Soares em 29/08/2006
Reeditado em 20/10/2006
Código do texto: T227998
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alex Soares
Itaperuna - Rio de Janeiro - Brasil
82 textos (84228 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:42)
Alex Soares