Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cartas marcadas, esse jogo eu ganhei, se prepare pq chegou minha vez!!!!!!!!

De olhos fechados, cabeça baixa assim vou.
Nada sou, sou brinquedo, nas mãos de um homem
Queria ser gente grande, queria voar
Mas isso é para sonhadores
E meus sonhos ha muito me abandonaram
Boca fechada, sem palavras, triste e só
Nos meus olhos azuis nada passa de um mar frio e vazio
Pele fria, coração a rasgar por dentro
Não, não estou chorando
Meus olhos estão secos e amargos
Não me toque
Não encoste em mim
Tenho nojo dessas mãos
Que acham que tudo podem
Que tudo conseguem
Queria ir embora
Mas pra onde???????
Você roubou meu mundo, mminha infância e minha vida
Odeio-te, odeio-te
Queria ver sangue saindo de teus olhos.
Mas não tenho forças
Tenho medo...
Pra mim você não passa, de um mentiroso
Frio e calculista, que acredita que pode tudo
Mas na verdade vc não pode nada...
Você é um bobo, levante-te teu dinheiro, sujo e imundo
E vc nem percebe...
Como é burro.
Acha que vai me comprar com esse jogo
Não sou garota de programa
Mas da força com que vc age me trasnforma em uma
Seria melhor talvez estar na rua
Vendendo meu corpo
Ao inves de estar aqui trancada nesta casa
Olhando para tua cara suja e fedida
Esperando que seu brinquedinho que vc carrega no meio das pernas, me queira de novo.
Pra que tudo aconteça outra vez.
Nada passa de teatro, teu corpo em cima do meu
Nada passa de nojo, sinto-me suja, por tua causa
Mas sabe isso tudo vai acabar
E vc irá se arrepender
De ter brincado comigo
E ter me enganado tanto tempo
Porque a menina burrinha cresceu
E agora eu sei de tudo
Conheço teu mundo
E sei jogar como vc
Então se prepare pq vou virar o jogo
Vou quebrar a banca
E como premio
Vou ganhar sua cabeça
A me obedecer
E implorar um prato de comida
Espere e verá
Pq eu cresci
Nay G
Enviado por Nay G em 10/09/2006
Código do texto: T236872

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nay G
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 29 anos
19 textos (1394 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:32)
Nay G