Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De mim pra mim mesma

Julhana diz: Eu realmente não posso entender como as coisas acontecem... E algumas vezes eu nem mesmo acharia que elas aconteceriam comigo... E se eu pudesse ser fechada, ser fria, então o faria...
Pois a vida pode ser excitante, o vôo pode ser alto, mas a queda será muito pior. Sempre.

Eu mesma diz:Você pode beber, pode gritar, pode chorar hoje, mas você sabe que amanhã você estará do mesmo jeito, nada muda... E se você gosta disso, se você gosta dessa situação, se você gosta desse modo de vida, Você é igual a mim.
Mas as vezes isso me cansa tanto...

Julhana: Sabe... Eu simplesmente não consigo dizer nada de nada hoje...

Eu mesma: Sim eu sei... Se eu pudesse eu dormiria em todos os próximos dias... Num sono profundo...

Julhana: Um modo de fugir?... Um modo de esquecer?

Eu mesma: Não.Um modo de perdoar.

Julhana: Perdoar o quê?

Eu mesma: Me perdoar... Te perdoar... Você sabe como te amo, mas você sabe como nós sempre nos machucamos... Me sinto tão decepcionada... Tão estagnada...E você também sabe como nós amamos tudo isso que vivemos...

Julhana: Se tu pudesse mudar alguma coisa, o que tu mudaria?

Eu mesma: Nada...

Julhana: Eu também... Mas... Me sinto tão sozinha... Sério, não é por causa de ninguem, é algo que simplesmente acontece... Eu posso estar com todos, mas ainda sinto isso...

Eu mesma: Não é só tu... E perguntar o por que é algo q eu não faço mais...

Julhana:É...

Eu mesma: O vazio cresce...

Julhana: Eu pensei que você estivesse acostumada com isso.

Eu mesma: Não estou, eu apenas tento...

Julhana: Eu estava pensando... Nós poderíamos fazer duas coisas: Uma, fugir pra longe e sozinhas, procurando um lugar ideal... Duas, procurar pela "pessoa certa"... O que você quer?

Eu mesma: Qualquer uma... Ou as duas... Nas duas nós poderemos ficar procurando eternamente... E se o lugar não chegar? E se a pessoa não existir?...

Julhana: Mas nós queremos isto... Qualquer uma... Nós precisamos... Você sabe como seria bom para nós...Você sabe... Conhecer novas pessoas... Procurar por novas pessoas... Lugares... Você sabe disso...

Eu mesma: Na realidade, minha criança.... Nós já estamos e sempre estivemos fazendo isto.
Alecrim Crim
Enviado por Alecrim Crim em 16/09/2006
Código do texto: T241906

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Dou os créditos a Julhana Pohlmann pois só ela entende seus textos. Visitem seu site no Recanto das Letras!). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Alecrim Crim
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 27 anos
374 textos (14623 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:37)
Alecrim Crim