Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A DOR DO ADEUS

Com o coração trespassado pela lança do destino
vou  procurando o bálsamo para tão dolorosa ferida,
e já quase em desatino, recorro a Deus para tão misteriosa receita que alivia, quem perde o tino, na triste dor do ADEUS.

Quando percebo que a dor não alivia e a ferida ainda sangra
desconfio que Deus me receitou um placebo,e desatando os nós da fieira da vida, vou colocando, em tempo,com amargura na ferida, como quem joga água na fervura, um pouco de solidão,que misturada na saudade, porque esta não tem idade, vai levando de roldão aquela dor do ADEUS, que sente quem perde os seus, no tempo de uma vida.

O que eu deixo registrado, nesta briga de emoções, é que dar ADEUS a uma mãe, é dar ADEUS a uma amiga, despedida múltipla e complexa, mas como tudo na vida merece uma explicação, é na vontade de Deus, e na reencarnação, que eu me encontro explicado e por fim justificado pra minha dor no coração.



Carla Rossi
Enviado por Carla Rossi em 08/10/2006
Código do texto: T259541
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carla Rossi
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 48 anos
7 textos (330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 19:51)