Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO TENHA MEDO MENINO

Escrever o que penso, nem pensar, vão achar que sou louco e querer me internar, mas não me importo, não dou força ao azar..a estas horas tanto faz se meus pensamentos são bons ou ruins ou pra que fins serão usados. A esta altura do campeonato, já com o circo armado, os ingressos comprados, e o leão a apanhar, que se dane, eu não vou parar...
O LULA avançou, demorou né, que fazer se louco eu parecer no meio deste bacanal, me sinto só de avental sem as cuecas e coisa etal, já viu que não posso abaixar, se não vai sobrar, eu hein, alguém me pegar, nem sei se vou votar, é melhor eu voltar lá pra quando a gente pensava que era loucura, aquelas inocentes travessuras, que hoje ao lado do que esta ai na cara, tadinho de mim num dá nem pra saida. Assim perdi o medo de falar o que penso, pelo menos isso né pô, seja ele decente ou indecente, sim gente o Presidente, eu vou ter que ficar contente, senão num dá pra levar pra frente, esta vida com ares de decente. Oh gente, tem medo não, o pior já passou lá pelos 2007,2008,2009,ihhh pode internar vai.
JERONIMO BENEDITO BARRILARI
Enviado por JERONIMO BENEDITO BARRILARI em 12/10/2006
Reeditado em 12/10/2006
Código do texto: T262386
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JERONIMO BENEDITO BARRILARI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
5 textos (314 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:43)
JERONIMO BENEDITO BARRILARI