Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desejos Proibidos

   Meu coração é perigoso. Tem sentimentos que me sufocam, tem desejos que tento corajosamente ignorar. Ele é traiçoeiro, dia e noite ele me tenta, me desafia a provar o proibido. Eu resisto, até quando?Porque resistir?Apenas por que é errado?O que é errado?É errado seguir o coração?
   Continuo resistindo e a vida ri de mim, me provoca, me tenta a todo o momento. Passo noites em claro enquanto minha razão e meu coração travam uma luta interminável. Quem ganha?Não sei, a razão e o coração são fortes oponentes. Mas a razão leva a melhor e obriga meu coração a recuar, e ele temeroso se oprime.
   A vida continua rindo de mim, se diverte com minha covardia e zomba de meu coração. Pobre coração!Que culpa tem de desejar o impossível?De querer o inconcebível?De realizar o improvável?Mas ele não esta sozinho nesta batalha, sim, tem um forte aliado. Meu coração utiliza a mais cruel das armas, os sonhos. Por meio dos sonhos ele sussurra para mim seus mais secretos desejos, suplica para que eu o liberte das correntes de aço que minha razão o prendeu. E eu, covardemente ignoro suas suplicas, e a razão ri para mim vitoriosamente. Mas meu coração não desiste e volta a me revelar seus desejos, e também se vinga de mim, me pregando peças, ele brinco comigo, me perturba, me enlouquece...
   Mas eu não o culpo, afinal, eu o mimei demais. Fiz todos os seus caprichos. O encorajei a querer mais e mais. Admito, eu o eduquei mal, não impus limites e agora ele se revela. Seus desejos (ou meus?) são puro egoísmo, e meu coração não se importa com o que é certo ou errado. Um dia, meu coração me perguntou: “Como as pessoas sabem o que é certo?”. Eu não soube responder e, ele novamente me fez essa pergunta e eu nada respondi. Como poderia explicar a ele que o certo é simplesmente certo?Ele não entenderia, pensando bem, nem mesmo eu entendo.
   Meu coração sofre por eu desprezá-lo, eu também sofro, mas minha razão não me deixa vacilar e me diz: “Deixe-o sofrer, assim seus desejos se silenciam”.E eu concordo tentando acreditar que isso é mesmo possível.Você pode mudar a sua vida, o seu futuro, a vida dos outros.Mas não pode controlar os seus sentimentos...
   Afinal, meu coração não está perdendo a batalha. E confesso que bem lá no fundo eu quero que ele ganhe... Por que, seus desejos, por mais errados que sejam também são meus desejos... Por que eu e meu coração somos um só ser...

Gabriela F H
Enviado por Gabriela F H em 21/10/2006
Reeditado em 04/02/2010
Código do texto: T269871

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gabriela F H
São Paulo - São Paulo - Brasil
13 textos (1224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:44)