Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AINDA MARESIA

Quanto te represas no silêncio, sinto alagar a alma com rios desconhecidos. Quando me inundas com palavras, sinto-me levar pelos refluxos em busca das nascentes. Quando incorporas a foz, despeço-me do teu olhar navegante no cais dos instantes e vivo as inconstâncias do mar aberto.
Helena Sut
Enviado por Helena Sut em 25/10/2006
Código do texto: T273425
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Sut
Curitiba - Paraná - Brasil, 47 anos
614 textos (789838 leituras)
2 áudios (1258 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:44)
Helena Sut

Site do Escritor