Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vejo os anos passando lentamente diante de mim,
e ainda nos olhos refletidos no espelho os mesmos sonhos,
de ver em outros os meus sonhos refletidos, um dia enfim.
Ainda agora, depois de aprender mais sobre mim e sobre a vida,
mesmo sabendo que o que sinto é parte de mim,
e que só em mim se resolverá,
sinto a falta, presente é a solidão de forma não física.
Mesmo sentindo o calor da alma aquecida pela sabedoria,
sinto o desejo de me aquecer nos braços do amor, desta alegria,
envolta em meus próprios braços, me encolho na pele fria.
Ainda que eu tenha um amor imenso aqui dentro,
e sabendo que ele se manterá imaculado, puro, único,
ainda sinto a dor de sentí-lo esvanecer a cada minuto.
LuRubia
Enviado por LuRubia em 27/10/2006
Reeditado em 27/05/2010
Código do texto: T275099
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LuRubia
São Paulo - São Paulo - Brasil, 49 anos
229 textos (8236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:23)
LuRubia