Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ponto de fuga

Às vezes tenho vontade de pensar, como agora
Mas a vontade some quando pouso os pés ao chão
A verdade sempre foi a maior inimiga dos que sonham
O maior erro é acordar
Ao entrar em um ônibus sempre costumo observar os rostos das pessoas
Rostos vazios com olhares fitados para o nada
Consumidos pela fera do dia-a-dia
Escravas da rotina que também tenta me consumir
Amanhã acordarei no mesmo horário
Mas agora, depois desta última linha, irei voar.
Mianutti
Enviado por Mianutti em 30/10/2006
Reeditado em 30/10/2006
Código do texto: T277439
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mianutti
Curitiba - Paraná - Brasil, 36 anos
4 textos (121 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:10)
Mianutti